Viver é ser feliz

Viver é ser feliz 

 

Decididamente, olho para o passado

Procurando garimpar os dejetos tóxicos

Prevenindo-me das doenças provocadas pela mente.

 

No percurso da existência

O mal estar é uma constante

É preciso ir-se adaptando.

 

O prejuízo provocado na mente é inevitável

Tomar consciência é fundamental

É constante a necessidade de ir-se adaptando.

 

Nem tudo é tão ruim quando se sabe para onde se está indo

Quando se entende que existem consequências para cada atitude.

 

Sábias escolhas

Atitudes e consequências sendo refletidas

Flexibilizando o melhor para nossas vidas.

 

Isso é o que faz toda a diferença

No cotidiano, logo sentimos, por meio do equilíbrio promovido

Perceba que, no agora, a vida está começando a ser plenamente vivida.

 

Carlos de Campos



Carlos de Campos nasceu em 1980 em Biritiba Mirim, São Paulo. Apaixonado por Poetrix. Em 2017, começou a escrever seus versos nas redes sociais, expressando-se de maneira profunda, em reflexões e observações sobre a condição humana, entre outras; analisando sua organização, atuação e intempéries emocionais, de forma leve, porém, concisa e incisiva. Não se deixando condicionar por padrões, investigando, atentamente, os recônditos mais conflitantes da existência e expressando-o, poeticamente, através do seu minucioso olhar. Autor do Livro Enquanto a solidão me abraça https://caravanagrupoeditorial.com.br/

Diga-nos o que achou do post: