tendências de marketing

Tendências de marketing em 2022: como se adequar?

Com a virada de chave para o marketing digital que possui a característica de ter velocidade no compartilhamento de informações, o grande desafio das marcas e empresas é se adequar corretamente para as tendências de marketing.

O livre-comércio proporcionado na internet, permite que o consumidor tenha acesso a diversos anúncios de empresas ao pesquisar pelo termo “chaveiro 24 horas próximo a mim” nos mecanismos de busca.

O aparecimento desses anúncios na tela dos clientes em potencial é definido pelos algoritmos, que tomam como base a relevância dos conteúdos presentes em uma página ou site na internet.

Com o cenário exposto acima, pode-se compreender que as ações no marketing digital embora sejam benéficas, são desafiadoras para as empresas devido à ampla concorrência. 

O fornecedor de equipamento para polir inox sinaliza que no ambiente virtual a disputa por visibilidade é recorrente e exige que a empresa esteja completamente alinhada com as tendências de mercado e com a demanda do público-alvo.

Apesar das estratégias de marketing digital serem recomendadas para os mais variados segmentos e portes das empresas, a adaptação das técnicas é indispensável para que o recurso efetivamente gere resultados positivos.

Sendo assim, não basta somente as empresas se alinharem com as tendências mais comuns no mercado, é crucial que seja feita uma análise a fim de determinar a compatibilidade de determinada tendência ao negócio em que será aplicado.

Por ser uma área em pleno desenvolvimento, diversos estudiosos ressaltam uma série de dicas funcionais para que as empresas possam avaliar a compatibilidade das tendências com seus respectivos nichos, entre elas:

  • Definição do cliente ideal;
  • Perfil e comportamento do público-alvo;
  • Comunicação assertiva;
  • Objetivos gerais e específicos.

Os tópicos são alguns dos indicadores a serem mapeados para que uma empresa tenha informações o suficiente para analisar a efetividade das tendências em seu nicho de atuação.

Quais são as tendências de marketing para 2022?

Indo ao encontro da definição de marketing, é possível afirmar que essa área se responsabiliza pelo conjunto de ações tomadas por uma organização visando atrair a atenção do público-alvo e reter os olhares dos clientes de carteira.

Isso significa que as ações de marketing podem ser propagandas, anúncios, cartazes, comerciais de televisão, parcerias e demais mensagens transmitidas ao público com a finalidade de tornar atrativo algum produto ou serviço oferecido pelas marcas.

Com os avanços tecnológicos, houve a virada de chave para que o conjunto de ações de promoção fosse direcionado ao formato digital. Mudança que foi positiva, já que possui menor custo de aquisição e torna horizontal o acesso aos recursos.

Para um empreendedor que presta serviços de manutenção de equipamentos de Impressão Digital, o marketing digital colabora para que as promoções tenham um maior alcance, tendo em vista o número de usuários presentes e ativos na internet.

Todavia, com o alcance otimizado, principalmente nas redes sociais, a disputa por visibilidade tornou-se acirrada entre as marcas. 

Por isso, além de dispor das ferramentas, as empresas devem também se adequar para as tendências.

Dentro do contexto da internet, as tendências apontam para a alternância do dinamismo das relações de oferta e procura e determinam o tipo de conteúdo que é mais atrativo ou não para um nicho específico de pessoas.

É a partir das informações obtidas em um estudo de mercado e de viabilidade que um fornecedor de equipamentos industriais, como a camara fria conserto, consegue entender a qualidade de conteúdo esperado por seus clientes e público.

Conforme citado, o marketing digital é uma área em pleno desenvolvimento, por isso, os estudiosos e especialistas que investem no seu crescimento reúnem um punhado de dicas acerca das tendências mais comuns para o ano de 2022.

  1. Conteúdos que vendem

A primeira tendência que está em alta é a produção de conteúdos atrativos, que ocorre por intermédio das técnicas de SEO. 

Em outras palavras, a otimização dos mecanismos de busca (tradução da sigla) é um conjunto de técnicas que dispõe de palavras-chave para posicionar assertivamente os conteúdos compartilhados na internet.

Sabendo que os algoritmos são uma tecnologia aplicada nas plataformas, aplicativos, páginas e sites para determinar matematicamente o ranqueamento dos conteúdos, pode-se afirmar que as palavras-chave auxiliam na conquista de um posicionamento relevante.

Sendo assim, ao utilizar termos e palavras mais buscadas pelo público-alvo nos conteúdos produzidos, como “aspersor irrigação tipo canhão”, uma empresa consegue aumentar as chances do conteúdo ser visualizado, agregando em mais relevância.

Conforme forem feitas as otimizações, consequentemente as taxas de tráfego são aumentadas e os algoritmos compreendem que determinado conteúdo produzido é relevante para um segmento específico de pessoas.

Assim, o ranqueamento de uma página ou site passa a obter destaque nos mecanismos de busca. Como consequência, as oportunidades de converter o tráfego e os acessos em vendas são maiores.

A tendência não foi criada exclusivamente no ano de 2022, pelo contrário, as técnicas de SEO existem desde 1997. 

Mas, com a relevância dos algoritmos nas estratégias de marketing digital, a otimização dos mecanismos de busca se torna essencial.

  1. Inteligência artificial 

Por ser uma era extremamente modernizada, é compreensível o fato da automatização de processos ser tão requerida. E isso contempla as mais variadas modalidades de negócio, sendo fundamental até mesmo para a comercialização de bateria estacionária 24v.

Com o choque de gerações, as ferramentas de inteligência artificial são relatadas nas produções cinematográficas de forma exagerada, transmitindo um tom futurístico. Na atualidade pode ser observado exatamente o contrário.

Embora a tecnologia artificial não tenha sido capaz de desenvolver soluções como o esperado nas produções cinematográficas de outras gerações, que descrevem o período atual com a presença de carros voadores, há melhorias significativas para o mercado.

Entre essas melhorias, podem ser destacadas as que são implementadas com o intuito de potencializar os atendimentos. 

O uso de chatbots é uma das ferramentas de inteligência artificial que tem crescido nos últimos anos.

Os chatbots são robôs usados para acelerar o atendimento virtual nos canais de comunicação e podem ser personalizados de acordo com as necessidades de um negócio. 

A principal função desse recurso é armazenar, tratar e compilar informações, substituindo o trabalho manual das equipes e disponibilizar mais tempo para a execução de atividades que exigem mais estratégia e expertise.

  1. Vídeos

Plataformas como o Instagram e TikTok concentram um alto número de usuários e são consideradas as redes sociais mais utilizadas a nível mundial. 

Por esse motivo, podem ser entendidas como o berço ideal para reforçar as estratégias e posicionamento das marcas.

Além disso, o formato utilizado pelas plataformas e redes sociais é respaldado pelas tendências, envolvendo principalmente música e os chamados “memes”, que são imagens, falas e bordões com tom humorístico.

Embora a recomendação de especialistas seja concentrar a comunicação com o cliente nos veículos mais formais, como o e-mail, as redes sociais podem ser usadas como uma vitrine digital.

As marcas líderes do varejo investem até mesmo na criação de personas para intensificar ainda mais as relações interpessoais entre as partes dentro do ambiente digital. 

Os vídeos também são um modo de tornar a comunicação mais acessível, porque combina diversos tipos de linguagem. 

Isso é benéfico para que as consultorias possam explicar algum projeto de plano diretor de mobilidade urbana aos consumidores.

Para usufruir com sucesso dessa tendência, basta que a empresa acesse a página de recomendações dentro das plataformas e redes sociais e identifique o tipo de conteúdo que mais se encaixa com o perfil do público-alvo e então criar. 

  1. Integrações de canais

Com a popularidade das mídias digitais, é possível observar a característica omnichannel como um fator positivo no contexto das estratégias de marketing digital.

Sendo assim, o marketing digital não é uma estratégia única e imutável e inclusive abrange diversos veículos de comunicação no ambiente virtual. 

É este o ponto que permite o aumento do fechamento de consultas de uma clínica de veterinário oftalmo

Visando uma melhor utilização dessas estratégias, a recomendação é que as empresas façam um levantamento acerca dos canais mais utilizados pelo cliente ideal e posteriormente direcione as técnicas para o público-alvo. 

Considerações finais

Sendo assim, o marketing é o braço direito das empresas no sentido de tornar atrativos os produtos e serviços oferecidos ao público.

Aliás, é por intermédio do marketing que as equipes comerciais conseguem ser mais assertivas nas abordagens.

Com o crescimento do marketing digital, o formato tradicionalmente usado pelas marcas e empresas em seu ganho da autoridade no mercado foi modificado, dando abertura para as mídias digitais entrarem em foco.

Contudo, apesar de existir uma constante disputa por visibilidade na internet, as empresas devem seguir em concordância com as tendências e enfim direcionarem a comunicação para o escopo que mais se adequa aos seus respectivos contextos.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



Diga-nos o que achou do post: