Senado aprova a indicação de Fernanda Marinela e Sandra Krieger para conselheiras do CNMP

O Plenário do Senado Federal aprovou, nessa terça-feira, 17 de setembro, as indicações de Fernanda Marinela de Sousa Santos e Sandra Krieger Gonçalves para ocuparem o cargo de conselheiras do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), no biênio 2019-2021.

Fernanda Marinela e Sandra Krieger ocuparão as duas vagas da OAB no CNMP, que é composto por 14 integrantes. As indicações delas já haviam sido aprovadas pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Com a confirmação do Plenário ontem, o próximo passo é a nomeação pelo presidente da República.

A indicação de Fernanda Marinela de Sousa Santos foi aprovada por 56 votos. Entre 2016 e 2018, ela foi presidente da seccional da OAB em Alagoas. Ela é presidente e fundadora do Instituto Cultural para a Difusão do Conhecimento Jurídico (Injur), em Maceió (AL). Professora no Instituto LFG, lecionou na Universidade Federal da Bahia (UFBA), na Fundação Escola do Ministério Público do Estado de Alagoas (Fesmpa) e ministra cursos em tribunais pelo país.

A conselheira federal da OAB em Santa Catarina, Sandra Krieger Gonçalves, recebeu 52 votos em aprovação. Ela integra e atua como representante institucional da entidade junto ao CNMP desde setembro de 2017. Krieger é formada em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com doutorado pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali). É professora na Universidade Regional de Blumenau (Furb), fundadora do Instituto de Direito Administrativo de Santa Catarina (Idasc) e também atua na advocacia privada. Já foi procuradora-geral do município de Blumenau (SC) e da Câmara Municipal da cidade.

 

 

Fonte: cnmp.mp.br


TAG

Diga-nos o que achou do post: