SEJA PERSISTENTE

Chegar onde desejamos na carreira pode ser muito difícil, um caminho muito longo e cheio de desafios. Em alguns momentos podemos cair, em outros encontrar barreiras enormes, quase intransponíveis, pode faltar até um pouco de ânimo por vezes, tudo isso é normal, pois a conquista de sonhos é uma tarefa muito complexa, depende de muitos fatores, mas o principal deles é sua vontade de fazer acontecer, é isso que importa em qualquer situação.

É a quantidade de energia que você coloca em suas ações, aplicada de forma correta, que determina até onde você consegue chegar em suas aspirações. Quanto maior for a energia aplicada em uma determinada direção, maiores as chances de sucesso, na direção correta ou de fracasso na direção oposta. E a quantidade de energia a ser utilizada quem determina é você e mais ninguém, pois é você que sabe tamanho de sua vontade de conquistar o seu sonho. É preciso ter muito foco, pois toda a energia gasta não pode ser recuperada posteriormente, para não jogar nenhum pouco dela fora sem resultado.

As dificuldades aumentam à medida que sua caminhada for evoluindo, isso é a coisa mais certa a se esperar, portanto, é importante não perder tempo com coisas que não estão ligadas aos seus objetivos, esse tempo, assim com a energia gasta, não pode ser recuperado depois, esqueça essa conversa de recuperar o tempo perdido porque o tempo não volta e é limitado, portanto é finito. Esteja preparado para isso e coloque dentro do seu tempo disponível todas as atividades necessárias e importantes para realizar suas tarefas e alcançar os objetivos propostos.

Você pode até acreditar que vai ser rápido, que tudo vai acontecer de uma hora para outra, mas não é bem assim, como nos livros, em que o autor diz “fiz isso e aconteceu aquilo”, mas eles nunca dizem muito sobre o tempo decorrido entre um evento e outro, pode ter sido um dia, uma semana, um mês ou dez anos, você está preparado para persistir em qualquer desses casos? Pense nisso antes de começar qualquer coisa para não deixar nada pela metade, ou abandonar tudo quando estiver bem perto de começar a aparecer os frutos, tudo tem um tempo para acontecer e o tempo de cada coisa pode ser determinado por vários fatores, a maioria não somos nós que controlamos, dependemos das decisões de outros, de fatores comerciais ou qualquer outro fator.

O importante nisso tudo é você estar disposto a persistir, fazer, refazer, desfazer, começar outra vez, refazer, mudar a direção, encontrar novos caminhos, consertar o que não funciona, errar, corrigir, parar, ir mais devagar, acelerar e assim por diante, é assim que conseguimos conquistar nosso espaço e os objetivos desejados, persistindo e tendo constância em tudo que fazemos.

Um erro pode fazer com que você desista, e para isso não acontecer, você precisa não se preocupar com os erros, eles acontecem de qualquer forma, a sua preocupação deve ser em como você vai reagir aos erros e aos acontecimentos adversos, se vai para cima corrigir e superar os desafios, ou vai abandonar tudo e culpar Deus e o mundo pelo seu fracasso? As pessoas que encaram as adversidades e seguem adiante apesar das dificuldades, tem muito mais chances de vencer do que as que abandonam tudo e se vitimizam, isso é claro, não precisava nem falar, mas é bom que se reforce isso para não esquecer.

Persistência faz a pessoa procurar saídas criativas, encontrar meios de desenvolver seu trabalho em qualquer situação e se esforçar muito para buscar a sua vitória. O primeiro obstáculo a ser vencido é o que está em sua cabeça, é você que cria a maioria das dificuldades que enfrenta, é você que as aumenta e transforma tudo num bicho de sete cabeças, ou mil cabeças para algumas pessoas. Mas o bicho tem o mesmo tamanho para todo mundo, a diferença é que só algumas pessoas o veem pequeno e outras o veem bem grande, questão de como se prepararam para enfrentar os desafios. Quem está mais preparado vê o bicho menor, já o despreparado, aquele que vai fazendo aos trancos e barrancos, vê o bicho enorme e tem medo dele.

Se você estiver bem preparado, souber muito bem o que deseja e tiver foco, tudo fica menos penoso na sua caminhada, persistir será a palavra de ordem e, ainda por cima, você vai agregar mais conhecimentos durante o trajeto. Pode ter certeza de que tudo vai jogar contra você, pessoas vão se afastar, outras vão rir de você, tem as que vão tentar te fazer desistir e assim por diante, e você tem que vencer tudo isso com muita sabedoria, e só se conquista sabedoria com conhecimento e experiência, pois é fácil confundir persistência com teimosia e muitas pessoas confundirão. E aqui abro uma nova discussão, teimosia é você não olhar para o que está acontecendo e manter tudo como está mesmo quando o barco está afundando, não dando ouvidos a quem realmente pode ajudar. Persistência é você perceber que há algo errado na rota, perceber o barco afundando e tomar providências para que o barco não afunde e que a rota seja corrigida, mesmo que para isso precise de ajuda de terceiros, lembre bem disso, pois há muita dúvida entre persistir e teimar. E mais uma coisa: pedir ajuda não é sinal de fraqueza, é sinal de força.

Não conheço ninguém que tenha vencido na vida sem ter persistido, sem ter buscado novos caminhos e sem que tenha errado em algum momento e corrigido esse erro, portanto se você está na caminhada, cometeu algum erro, precisou de mudar a rota e acha que isso só acontece com você, eu te digo bem alto seja bem vindo ao clube! Você não é o sorteado e nem foi o que passou mais vezes na fila da falta de sorte, aliás, esse negócio de sorte não existe, pelo menos nesse sentido, o que existe é trabalho duro e bem feito, aliado a muita força de vontade e mais nada. Quando você vê alguém que conseguiu vencer e diz que “de repente fulano cresceu”, lembre-se de que você está vendo só a ponta do iceberg, a luta verdadeira fica lá embaixo, invisível, pois tendemos a ver apenas o que queremos e nos preocupamos em ver apenas a parte boa de tudo, queremos comer a fruta gostosa, docinha, mas não queremos plantar a árvore, esperar ela crescer, cultivar, limpar, podar, regar e ter os cuidados necessários, e nem queremos saber de quem faz esse trabalho, esperamos os frutos no mercado da esquina para comprar, e esses só podemos obter depois de muito trabalho e tempo dispensado por outras pessoas que sofrem com chuva demais ou de menos, pragas e todas as agruras do homem do campo. Então, não desista, persista!



Formado em Letras e pós-graduado em Marketing, membro convidado da Academia de Letras da Manchester Mineira. Com formação em Coaching, atua como treinador de vendedores e Palestrante Motivacional. Poeta, contista, cronista e articulista. Três vezes finalista do prêmio Top Blog, na categoria Política e colaborador no jornal Tribuna de Minas. Participação no projeto "Poesia na Escola" como autor de destaque na edição de 2022, você pode baixar o e-book do projeto acessando o link: https://online.fliphtml5.com/dozlr/ajdc/ Autor de dois livros "Conselhos Diários. Você Não Tem Limites!" e "Você Pode Mudar!", onde fala sobre aspectos de carreira e liderança. Você pode comprar no site: https://bio.uiclap.com/celsociampi

Diga-nos o que achou do post: