Saúde através da alimentação, cuidados que devemos tomar todos os dias

Muito se tem falado sobre alimentação saudável e como as escolhas alimentares corretas no seu prato podem ser aliadas na hora de melhorar a saúde física, prevenir pressão alta, colesterol alto e até câncer. Só assim será possível melhorar a qualidade de vida em geral.

Você sabe como a comida pode ser sua aliada da felicidade? Além disso, quais são algumas dicas para melhorar a sua qualidade de vida?

Continue lendo e confira nossas dicas para você!

Alimentação e boa saúde: qual é a relação?

Os Cursos Online apontam que a alimentação é a grande base para o bom funcionamento do nosso corpo. Sem a nutrição correta, muitas de nossas reações químicas e biológicas não funcionam adequadamente, o resultado pode ser disfunção ou doença.

Obtemos energia dos alimentos para realizar nossas atividades diárias e absorver as devidas vitaminas, minerais, proteínas, gorduras e água – fundamentais para o bom funcionamento do nosso corpo. Quando nossos hábitos alimentares se desequilibram, ocorrem os seguintes problemas:

  • diminuição da imunidade;
  • aumentar o colesterol ruim;
  • Aumento das chances de desenvolver doenças como diabetes, doenças cardíacas, acidente vascular cerebral e até câncer;
  • Aumento da gordura corporal e inflamação corporal;
  • metabolismo diminuído;
  • Dificuldade em adormecer e concentrar-se;
  • Dificuldade de construção muscular; • Disfunção intestinal.

Dicas de alimentação na prática

Como você pode ver, investir em uma dieta mais saudável e equilibrada pode auxiliar na prevenção de diversas doenças e dar mais energia, melhorando a qualidade do sono e beneficiando sua saúde. Por isso trouxemos algumas dicas simples para você comer melhor.

  1. Prefira alimentos integrais

Com a correria diária, nem sempre pensamos sobre o que devemos comer. O resultado vem sendo um uso totalmente indevido de alimentos industrializados e processados ​​que tendem a conter altas doses de sódio, açúcar e gordura saturada.

Além de diversos conservantes e de outros produtos químicos que tendem a colocar em risco nossa saúde. Idealmente, sempre que possível, prefira alimentos integrais e faça substituições sensatas. Como, por exemplo, em vez de comer hambúrgueres industriais, opte por cortes magros ou faça o seu em casa.

Isso também vale para os temperos, ao invés de usar caldos industriais, comece a usar ervas naturais como manjericão e orégano, além de cebola e alho para apimentar suas receitas.

  1. Aprenda a ler rótulos

Fugir da industrialização nem sempre é possível. Porém, isso não significa que você não poderá encontrar bons produtos naturais que fazem bem à sua saúde.

Com o objetivo de saber o que você está comendo, aprenda a ler os rótulos dos alimentos. De todos esses ingredientes, o primeiro ingrediente é o ingrediente mais abundante no produto e o último ingrediente é o menos abundante.

Portanto, se você estiver comprando pão integral, é importante que o primeiro seja farinha de trigo integral, não farinha fortificada ou de uso geral.

Além disso, busque sempre prestar atenção ao valor nutricional para ver se o produto tem uma boa distribuição entre todos os seus componentes nutricionais.

  1. Mau = excesso de sal e açúcar

O excesso de sal e açúcar são os grandes vilões para quem deseja ter uma alimentação que seja mais saudável. Excesso de sódio (sal) pode causar sérios problemas, especialmente pressão alta.

Busque sempre se lembrar que o sódio não é encontrado apenas no sal de cozinha, ele é encontrado em alimentos industrializados.

Portanto, é muito importante sempre verificar todas as devidas informações nos rótulos. O excesso de açúcar também pode ser prejudicial, afetando a função do pâncreas e a regulação da insulina – o que pode ser muito ruim para pessoas com diabetes e predispostas ao diabetes.

Assim como o sódio, o açúcar também pode ser encontrado em outros alimentos, principalmente os carboidratos simples, aqueles feitos com farinha branca. Portanto, recomenda-se sempre escolher carboidratos integrais para evitar a liberação rápida da insulina e manter uma boa função normal do pâncreas.

  1. Substituição

Uma boa alimentação não é uma tarefa difícil, porém ela sempre vai requerer uma maior atenção e cuidado, sempre buscando encontrar o equilíbrio.

Você pode substituir em suas receitas os ingredientes gordurosos e pesados ​​por versões mais leves.

Por exemplo, a massa tradicional pode ser substituída por palmito desfiado ou até por abobrinha. Ao invés de um molho de tomate industrializado, você pode trocar por um molho de tomate natural.

Outras substituições simples podem ser a grande diferença dentro da sua receita, como substituir o atum em óleo por atum em água, optar por queijos mais leves, como ricota e cottage, e preferir versões integrais, incluindo arroz.

  1. Invista em frutas

As frutas são alimentos ricos em vitaminas e minerais altamente importantes que ajudam na hidratação e são ricas em fibras, o que é bom para o funcionamento intestinal.

O ideal é consumir de 3 a 5 porções por dia, que devem ser distribuídas entre o café da manhã e os lanches da tarde. Com o objetivo de não cair na monotonia, invista sempre em variedades, afinal, são muitas as opções de frutas. Ficar de olho nessas estações também pode ajudar na economia.

  1. Combinações inteligentes

Segundo os Cursos Online da área da nutrição, o segredo para ter uma boa alimentação saudável é criar um cardápio balanceado que leve em consideração todas as necessidades diárias de proteínas, carboidratos, proteínas, minerais, fibras e água.

Portanto, uma dieta saudável é variada e você pode comer qualquer coisa, porém com moderação. Uma dica é sempre evitar uma refeição com apenas uma determinada fonte de energia.

Por exemplo, se você comer apenas macarrão no almoço, estará comendo apenas uma grande quantidade de carboidratos, o que pode fazer você sentir fome imediatamente.

Para equilibrar a equação, adicione uma fonte de proteína e uma salada saborosa. Esse equilíbrio, além de fornecer a quantidade certa de nutrientes que você precisa, prolongará sua saciedade.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.



Diga-nos o que achou do post: