Sabedoria do amor

Sabedoria do amor

 

Aos que desejam viver a felicidade numa vida compartilhada, é preciso que tomem consciência de algo essencial. Numa relação a dois, não existem facilidades.

O ser humano já é complicado por si só, trazendo toda sua bagagem emocional, por vezes, conturbada.
É primordial perceber bem que, sua liberdade, será limitada. Que isto esteja claramente entendido.

Tudo se harmoniza quando a escolha é por amor. No amor, tudo converge para  um equilíbrio constante. Ame agora com toda tua força e vontade !
Dê plena atenção ao objeto do seu amor, cultive-o amor sem medidas !
Ame o outro como você gostaria de ser amado !

Dê atenção as suas conversas e, tenha sempre em mente que, o outro é o teu próprio reflexo. Como anda o teu reflexo ?
Quando as coisas saem dos trilhos, não busque justificativas ou julgamentos precipitados. Antes de tudo, faça uma viagem para o seu interior. Questione a si mesmo. Busque observar como anda o seu reflexo e confronte a si mesmo.  E, encontrará, com certeza, todas as respostas para seus aborrecimentos.

A nossa expressão ao falarmos sobre AMOR,  geralmente revela um certo temor. Não se sabe exatamente de onde vem esse medo. Poderíamos refletir sobre  experiências negativas com amores não correspondidos, na nossa infância ou adolescência, teriam gerado esse medo, que, por sua vez, precede em todo os nossos relacionamentos, nos impedindo, assim, de vivermos um amor genuíno.

Curta, Compartilhe, Comente



Carlos de Campos nasceu em 1980 em Biritiba Mirim, São Paulo. Apaixonado por Poetrix. Em 2017, começou a escrever seus versos nas redes sociais, expressando-se de maneira profunda, em reflexões e observações sobre a condição humana, entre outras; analisando sua organização, atuação e intempéries emocionais, de forma leve, porém, concisa e incisiva. Não se deixando condicionar por padrões, investigando, atentamente, os recônditos mais conflitantes da existência e expressando-o, poeticamente, através do seu minucioso olhar. Autor do Livro Enquanto a solidão me abraça https://caravanagrupoeditorial.com.br/

Diga-nos o que achou do post: