Arvin Ahmadi segurando o livro "How It All Blew Up"

Quem é Arvin Ahmadi? Conheça autor que impressionou Angie Thomas.

Sobre o Autor

Arvin Ahmadi cresceu nos arredores de Washington, DC. Ele se formou na Columbia University e trabalhou na indústria de tecnologia. Quando não está lendo ou escrevendo livros, ele pode ser encontrado assistindo a entrevistas em talk shows noturnos e editando páginas da Wikipedia. Down and Across é seu primeiro romance, seguido por Girl Gone Viral e, sua obra mais recente publicada foi How It All Blew Up.

Capa do livro "Foi Assim Que Tudo Explodiu"

Capa do livro “Foi Assim Que Tudo Explodiu”

How It All Blew Up

Apesar de todas as suas obras serem impecáveis, How It All Blew Up (ou, em português: “Foi Assim Que Tudo Explodiu”) traz para o gênero de romances gays um conceito original. No livro, o personagem não precisa ficar com um rapaz pra terminar sua jornada. O livro fala sobre as autodescobertas do personagem,  fala sobre se entender, mas fala principalmente sobre a importância de uma família para um jovem, seja ela de sangue ou não. É, de fato, um livro extremamente necessário para os jovens, não só os LGBTQI+. O livro também critica, de forma sutil o preconceito contra muçulmanos.

Caso queira Comprar o Livro, ele pode ser encontrado na Amazon através do Link.

Este livro foi parcialmente inspirado na minha estadia em Roma durante o verão de 2018. Assim como o Amir, eu não tinha a menor ideia quando aterrissei de que conheceria pessoas que mudariam a minha vida e se tornariam uma família especial para mim, mesmo que por um curto verão. Agradeço a todas essas pessoas. quem são. – Arvin Ahmadi

 

O livro rendeu elogios até de Angie Thomas, outra grande escritora norte-americana, conhecida por escrever o romance The Hate U Give (O Ódio Que Você Semeia, em português).

Autêntico, hilário e de partir o coração, Foi assim que tudo explodiu vai te agarrar na primeira página e não vai te soltar. – Angie Thomas

Spoiler

Depois de vivenciar um relacionamento fracassado e ter que lidar com chantagistas, fugir parece ser a única opção para Amir Azadi. Pousando em Roma por acaso, ele finalmente pode explorar quem realmente é, e as noites com novos amigos pelas piazzas da cidade e dates na Capela Sistina logo se tornam sua rotina… até que sua antiga vida bate (literalmente) à porta.
Amir sempre soube que sair do armário para a sua família muçulmana seria complicado – ele só não imaginava que isso terminaria em uma sala de interrogatório de um aeroporto. Agora, ele precisa dizer toda a verdade e nada além da verdade para um oficial da alfândega dos Estados Unidos, ou arriscar perder a liberdade conquistada com tanto esforço.



Diga-nos o que achou do post: