Power BI

Power BI: como usar a ferramenta da Microsoft para analisar dados

Muito se ouve falar em Power BI, mas não são todas as pessoas que compreendem o seu conceito e para que essa ferramenta serve.

Trata-se de um programa criado pela Microsoft, que pode ser utilizado para analisar dados. A análise de dados se tornou uma ação muito importante nos dias de hoje, principalmente para as empresas que querem melhorar seus processos internos.

O levantamento e o estudo dessas informações também possibilita o desenvolvimento de excelentes estratégias de marketing para divulgar melhor os produtos e serviços desenvolvidos pela marca.

É muito fácil captar dados hoje em dia, pois existem diversos recursos que cumprem esse papel. Mas não basta acumular informações, é necessário interpretá-las e usá-las como base para as ações do negócio.

A Microsoft criou uma ferramenta que pode ser aplicada nesse sentido, mas antes de optar por ela, é muito importante conhecê-la um pouco mais. Se esse é o seu objetivo, leia este artigo até o final.

Aqui vamos explicar o conceito de Power BI e como essa ferramenta pode ser utilizada por empresas e pessoas.

Conheça um pouco mais sobre o Power BI

Power BI é uma ferramenta criada pela Microsoft voltada para o Business Intelligence (BI), de modo a coletar dados e informações sobre o negócio, além de ajudar em outras tarefas, como:

  • Junção de dados;
  • Organização;
  • Tratamento de informações;
  • Cálculos.

Tudo isso auxilia na criação de indicadores que vão embasar as tomadas de decisão. Assim sendo, por meio dessa ferramenta, o usuário reúne dados de vários lugares, que não costumam ser apresentados de maneira visual, por meio de um relatório bem elaborado.

As informações fornecidas pelo Power BI podem ser provenientes de vários locais, como planilhas do Excel, SAP, SQL e outras possibilidades do tipo.

Mesmo que as informações obtidas por uma empresa impermeabilização estofados estejam bagunçadas, o usuário consegue tratá-las no ambiente de edição, conhecido como Power Query.

Trata-se de um editor que cuida dos dados que não vieram em um formato adequado. Pode-se dizer, então, que o usuário consegue trabalhar dessa maneira, garantindo que os dados sejam importados corretamente para dentro do Power BI.

Outro dado importante sobre o programa é que, ao contrário do Excel, que ao atingir 100 mil linhas começa a travar, o Power BI tem a capacidade de trabalhar milhões de linhas sem sofrer nenhum tipo de alteração em seu funcionamento.

Em outras palavras, consegue trabalhar uma imensa quantidade de informações sem que o usuário enfrente qualquer tipo de problema.

Por meio da criação de um dashboard dentro do Power BI, o gestor ainda garante acesso a várias informações sobre a empresa, e por essa razão consegue fazer diferentes análises.

O Power BI é uma ferramenta muito dinâmica, que permite que uma empresa construção civil interaja com os gráficos e selecione os dados que deseja analisar e gráficos que quer acompanhar.

Uma rede de lojas, por exemplo, pode criar um dashboard para escolher quais unidades vai analisar. Ao selecionar a loja desejada, todas as informações serão atualizadas apenas para ela.

O usuário pode publicar os relatórios online, e a pessoa que receber o link não precisa ter o mesmo programa para acessar as informações e utilizar as funções do relatório.

O Power BI é aquele tipo de programa que precisamos inserir as informações constantemente, com isso, o usuário pode programar as atualizações automáticas.

Isso quer dizer que é possível colocar horários para que as informações sejam atualizadas, evitando que o usuário se esqueça de fazer a atualização manualmente.

Outra possibilidade é limitar a visualização dos dados, ou seja, evitar que as informações sejam vistas por qualquer pessoa.

Essa função evita que o usuário precise fazer diversos relatórios, impedindo pessoas que não são da sua área de visualizarem os dados.

Para uma empresa de ar condicionado ou qualquer outra, o Power BI é um programa muito útil e versátil, que facilita a criação de relatórios e possui uma quantidade de gráficos muito maior do que o Excel.

Por fim, também facilita a análise de dados, permite a manipulação de gráficos, dentre outras facilidades imprescindíveis para as companhias.

De que maneira seu negócio pode aplicar o Power Bi?

Essa ferramenta pode ser usada em qualquer dia, lugar e hora. O usuário só precisa baixar o programa no computador e fazer o download em seu celular.

Isso ajuda a mexer na ferramenta em qualquer momento, toda vez que for necessário visualizar uma análise de dados. Outras maneiras de usar o Power BI, são:

1 – Coletar dados da internet

Uma empresa de blindagem de veículos pode pegar dados de qualquer lugar ao utilizar programas de Business Intelligence.

Existem várias maneiras de captar informações na internet e inseri-las nos relatórios, tabelas e painéis.

2 – Elaborar gráficos diferentes

Outra grande vantagem dessa ferramenta é a criação de diferentes gráficos, como os de funil e cascata, comumente usados dentro das empresas.

O gráfico de funil é ideal para agrupar informações, como quando o gestor precisa mostrar números de vendas total e a quantidade feita por vendedor.

O gráfico de funil disponibiliza os números separadamente, de acordo com a quantidade feita pelos vendedores, o que traz um panorama mais amplo da situação.

O gráfico em cascata mostra as mudanças que aconteceram durante determinado período, como o aumento das vendas entre os meses de novembro e dezembro.

3 – Substituir colunas por linhas

Quem usa o Excel sabe que pode acontecer de pegar alguns dados da planilha para usar no Power BI, mas as informações estão dentro de uma coluna. Caso não seja transformada, pode comprometer a lógica dos dados e o esquema visual.

A solução para isso é transformar colunas em linhas dentro do Power BI, o que melhora a visualização das informações e mantém sua originalidade.

4 – Criar e configurar dashboards

Dashboards nada mais são do que painéis que reúnem várias informações importantes para determinada área.

Por exemplo, se o supervisor de vendas de uma empresa de manutenção predial precisa mostrar quantos contratos foram fechados no último mês e quais são as próximas metas dos vendedores, saiba que pode fazer isso com o Power BI.

Isso porque ao criar um dashboard, a apresentação ficará mais bem apresentável, além de muito mais objetiva. Ademais, o usuário pode configurar e editar o painel, de acordo com suas preferências.

5 – Usar a função Quick Insights

Essa função ajuda a criar dados e informações específicas, também cria relatórios e dashboards, com base em resultados úteis e interessantes.

Isso acaba por otimizar o tempo e torna as tarefas mais significativas para todos os membros da equipe de uma empresa de aluguel de impressora.

6 – Exportar informações para o PowerPoint

Os dados podem ser importados do Excel para o Power BI e exportados dele para o PowerPoint.

Ao fazer isso, fica mais fácil agregar valor à sequência de slides, melhorar o entendimento das informações e impressionar os colegas.

7 – Criar um storytelling

Uma das maiores fusões do Power BI é criar storytelling, uma técnica que ajuda a contar uma história para o público-alvo.

Uma apresentação de dados unicamente pode não chamar a atenção das pessoas logo no início, mas com uma narrativa, a situação é diferente.

Ao fazer isso, uma empresa de portas de segurança se torna capaz de prender a atenção das pessoas por mais tempo, pois sabem que o que está sendo dito é um fato real, e mostrado por meio de um passo a passo.

Vantagens do Power BI

Para encerrar este artigo, vamos mencionar alguns dos benefícios trazidos por essa ferramenta. Uma das que mais se destacam, sem dúvidas, é seu baixo custo, sendo uma das opções mais acessíveis para as organizações.

Sua infraestrutura é na nuvem, e ela possui uma das maiores estruturas de armazenamento de dados dessa forma, possibilitando que o usuário acesse as informações de qualquer lugar.

Qualquer edição ou atualização nos dados pode ser feita automaticamente e disponibilizada em tempo real.

Por fim, uma empresa de entrega de motoboy pode integrar o Power BI a outras fontes de dados que ajudem a complementar a análise de informações.

Ele se conecta com praticamente qualquer fonte de dados existente hoje, por isso, pode ser considerado um verdadeiro banco de dados.

Mesmo que o volume de informações seja muito extenso, a visualização das informações é bastante interativa, facilitando análises complexas que sejam usadas para as tomadas de decisões.

Considerações finais

Qualquer tipo de empresa pode utilizar o Power BI em seus negócios, e ele já está entre as ferramentas mais procuradas pelas corporações.

Neste artigo, você aprendeu um pouco mais sobre ele e tudo o que é capaz de fazer pela sua companhia. Investir em um recurso como esse é sinônimo de facilitar a análise de dados e melhorar as tomadas de decisões.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



Diga-nos o que achou do post: