post collabs

Por que investir em post collabs?

O Instagram está sempre investindo em novas tecnologias para aprimorar a performance de sua timeline, reunindo recursos de imagem e vídeo. Uma das atualizações mais recentes é o post collabs, a criação conjunta de publicações para a rede social.

Uma das plataformas mais acessadas do momento, com quase 1,5 bilhão de usuários, o Instagram é a pioneira entre as plataformas projetadas para os dispositivos móveis, oferecida, desde o início, por meio de um aplicativo em lojas virtuais para smartphone.

 

Esse pioneirismo explica parte de sua popularidade rápida, com um crescimento notável nos primeiros anos de seu funcionamento. A proposta da rede social é oferecer um feed com fotos de contas seguidas pelo usuário, de acordo com os gostos do usuário.

 

As atualizações dos últimos quatro anos inseriram recursos como os stories, usados para vídeos curtos e fotos que preenchem toda a tela, a possibilidade de seguir hashtags como se fossem contas e a inserção de conteúdo interativo nas publicações temporárias.

 

Uma interface que se comporta como um catálogo e o alto número de usuários atraíram muitas empresas para a rede social, gerando uma demanda que foi respondida pelas contas comerciais e o feed de loja, que contam com recursos exclusivos.

 

Muitas ações de marketing digital se concentram nessa plataforma, que foi o palco do surgimento de uma nova profissão: os influenciadores digitais. Contas populares monetizaram seus posts ao divulgar produtos de empresas parceiras.

 

Com o tempo, o sucesso das parcerias converteu o recurso em método mais empregado pelas organizações para investir nesta rede social. Atento a esta nova tendência, o Instagram estabeleceu os posts colaborativos como incentivo à prática.

Das etiquetas para os collabs

As etiquetas são um recurso antigo, mas similar aos collabs. Sua posição na interface foi aproveitada por esta atualização para encaixar a opção de collab na página de edição da publicação, tornando seu acesso intuitivo para o usuário.

 

As etiquetas tradicionais são usadas para marcar uma conta em uma publicação, permitindo a exibição do perfil e a visita ao link no momento em que o usuário clicasse sobre a imagem. Desta forma, era possível marcar todas as pessoas de uma foto em grupo.

 

Em ações de marketing digital, o recurso era empregado para marcar o perfil de uma empresa em uma publicação patrocinada, permitindo que o usuário identificasse qual era a marca de uma camisa social bordada personalizada, exposta em tela.

 

Atualmente, para acessar o recurso de post collab, disponível para contas pessoais e comerciais, o usuário deve criar a publicação do jeito tradicional, selecionando, na página de descrição, o botão de colaboração ao lado da opção de etiqueta.

 

Um convite será enviado para o perfil selecionado e uma vez aceito, a publicação será exibida em ambos os feeds de maneira automática, aparecendo na timeline dos seguidores de cada uma das contas envolvidas.

 

Para o usuário, um post colaborativo é indicado pela mesclagem nos avatares posicionados acima da foto, em etiqueta redonda personalizada, com os nomes de usuário aparentes. A principal mudança em relação ao modelo anterior se concentra no acesso à publicação.

A importância da navegabilidade

Navegabilidade é o termo que se usa para indicar a maneira como o usuário vivencia uma página na internet, o modo de acesso às informações, a harmonia do layout e a vinculação de links em um site. Fatores como velocidade e continuidade medem a experiência.

 

Uma boa experiência de usuário é aquela em que o público pode acessar dados da forma mais rápida e intuitiva possível. Quando se avalia a navegabilidade de um site, divide-se o acesso por cada etapa necessária para a exibição de uma página ou informação.

 

No antigo modelo de etiquetas do Instagram, o usuário deveria clicar na imagem, clicar no ícone que aparece na imagem para só então ter acesso ao conteúdo final, expresso no perfil da empresa anunciada em uma campanha de uma clínica médica integrada.

 

Com o recurso de collab, a quantidade de etapas diminui, uma vez que a publicação é exibida nos dois feeds. O estilo de divulgação também se modifica, viabilizando a expressão completa de detalhes para venda do produto ou assinatura do serviço disponibilizado.

 

Assim, o tempo necessário para visualizar informações importantes diminui, aumentando a satisfação do usuário e o potencial de conversão em leads ou vendas. O recurso também é superior ao story, posto que é fixado no feed principal.

Contribuições para o marketing digital 

Os posts collabs são uma atualização excelente para aqueles que usam a rede social como um espaço para a divulgação de campanhas, aplicando conceitos do marketing digital para a geração de tráfego, leads e consumo para uma empresa. O recurso pode ser usado em:

 

  • Campanhas promocionais;
  • Comunicados de assessoria;
  • Marketing interno;
  • Divulgação de eventos;
  • Vendas conjuntas;
  • Vinculação de perfis pessoais e profissionais.

 

Realizar publicações colaborativas pode impulsionar o número de visitas e seguidores para sua página, estabelecendo uma série de melhorias que tornam as campanhas de marketing digital efetivas para uma empresa de consultoria fiscal ou uma loja artesanal online. 

1 – Expansão no alcance

O alcance dos posts colaborativos é significativamente maior quando comparado ao método tradicional, uma vez que a publicação será exibida para o público de duas contas de maneira igual, aparecendo nas timelines dos seguidores.

 

Isso viabiliza uma troca efetiva de audiência entre dois perfis, permitindo o impulsionamento da conta de uma clínica nutrição terapeutica e especialidades através da divulgação de um profissional da área, por exemplo, com público já estabelecido.

 

O tráfego gerado pela prática facilita o estabelecimento de novos perfis ou mesmo a restauração de contas antigas onde o usuário perdeu o acesso. Desta forma, a fase inicial de estabelecimento de uma presença online é simplificada.

2 – Simplificação de parcerias

Outra contribuição importante é a criação de publicações frutos de parcerias, que torna-se mais fácil e intuitiva com o recurso colaborativo. Basta construir uma única imagem, compatível com o feed de ambas as contas, para divulgar um produto.

 

Essa simplificação se mostra fundamental especialmente na contratação de influenciadores, acelerando os acordos e transferindo para a plataforma a análise do tomador de serviços por parte do prestador, através do convite enviado.

 

Assim, após o primeiro contato, a empresa pode acertar a publicação com o influenciador pela rede social, enviando o convite para a collab de maneira imediata. Eventos como um workshop de carreira para mulheres são melhor divulgados desta forma.

3 – Interações orgânicas

Diferente do conteúdo impulsionado por anúncios, os posts colaborativos permitem a exibição de sua publicação na timeline de usuários que não te seguem, desta vez, de maneira orgânica e gratuita.

 

As publicações orgânicas convertem mais que os anúncios pagos, posto que o usuário não tem a sensação de estar consumindo publicidade. A única preocupação passa a ser com o nível de compatibilidade das contas envolvidas em relação ao público-alvo.

4 – Criação de ações promocionais conjuntas

Quando duas empresas decidem fazer liquidações de seus produtos, construir uma colaboração que amplie a rentabilidade de ambas as ações pode ser a melhor alternativa para estabelecimentos que disputam o mesmo tipo de consumidor.

 

Além disso, muitos serviços são apresentados em conjunto, com a inserção de produtos de diferentes estabelecimentos. Um exemplo disso está no setor de eventos, que envolve instituições de decoração, gastronomia e transporte.

 

Assim, uma empresa de locação de sala comercial por hora, um restaurante e um profissional decorador se reúnem para oferecer um único serviço ao consumidor. Portanto, uma ação promocional conjunta é melhor divulgada com o recurso de post collab.

 

Desta forma, cada organização envolvida pode qualificar seus consumidores a seu modo, aproveitando a popularidade de uma única publicação, criando com isso modelos personalizados de funil de vendas.

5 – Junção de múltiplas marcas em uma empresa

Muitas empresas reúnem várias marcas, com logotipos, identidade e produtos distintos oferecidos ao público. São chamadas de corporações e precisam separar a imagem pública de cada branding em um painel luminoso personalizado

 

No entanto, alguns comunicados ou eventos partem da rede operadora dessas marcas e devem ser publicadas ao consumidor de todas elas, da mesma maneira. O recurso de posts colaborativos permite a inserção de um post nos múltiplos perfis da rede.

Considerações finais

Os post collabs são uma contribuição que melhora o uso comercial do Instagram na captação de clientes para uma empresa. O modelo permite a criação de publicações conjuntas com harmonia na interface e praticidade no manejo das ferramentas. 

 

Além disso, a colaboração também pode ser usada por pessoas físicas no compartilhamento de momentos em grupo, transformando a timeline dos envolvidos em álbuns de recordação e melhorando a comunicação entre contas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



Diga-nos o que achou do post: