Polícia Civil apreende 12,3 mil pacotes de cigarros contrabandeados em Lindoia

Os produtos, de origem clandestina, não podem ser comercializados no Brasil

A Polícia Civil prendeu, na manhã desta quarta-feira (9), um comerciante, de 55 anos, por contrabando de cigarros. A ação aconteceu em um prédio comercial, no centro de Lindoia, e também resultou na apreensão de quatro armas.

Policiais da Delegacia de Socorro, com apoio da Guarda Municipal de Lindoia, foram até um armazém no Jardim Alvorada, após receberem uma denúncia dizendo que ali havia produtos contrabandeados do Paraguai.

No local, a equipe foi recebida pelo comerciante alegando que era proprietário do estabelecimento. Durante as buscas, foram encontrados 12.300 pacotes de cigarros de origem paraguaia, proibidos de serem vendidos em território nacional, conforme determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ainda foram apreendidas duas pistolas calibre 380, um revólver .38, uma espingarda .12, 12 munições e duas miras lasers, de uso restrito.

Todos os objetos foram apreendidos, sendo solicitados exames ao Instituto de Criminalística (IC). O caso foi registrado como contrabando e posse ilegal de arma de fogo, na Delegacia de Socorro. O criminoso permanece à disposição da Justiça.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa SSP-SP



Diga-nos o que achou do post: