POESIA NÚPCIAS – Poeta Nilo Deyson

Quanto tempo esperamos esse momento vida minha,  hoje não há noite, é o nosso dia, de realizar nossas fantasias

A priori, me deixe te tocar, com minhas mãos em seu rosto acariciar, bem devagarinho podemos nos beijar, não se preocupe se as lágrimas rolar.

Sabe essa canção em nossa mente, é nossa música, universo só da gente; então, vamos dançar, aproveitar esse arrepio bem presente, que dispara o coração e faz o desejo ser ardente.

Chegou a hora, vamos despir essa roupa entre a gente, mostra-me sua beleza secreta e te mostrarei o que há em mim potente.

É a paixão que nos pôs frente a frente, à provar do amor onde entre nós tudo é diferente, seja no olhar, no toque ou momento não presente, não paramos de pensar um no outro, o que nos  une até ausentes.

Chegou o momento de um toque bem fervente, beijos e carícias, descobrindo em cada curva um presente, para saciar o desejo libido, movimentos diferentes.

Um dentro do outro, um encaixe na medida, sussurros e gemidos, é a coisa mais bonita, no vai e vem ou no pula-pula, posições e fantasias, são aís de prazeres, é amor, é magia.

São horas de prazer, então chega o momento do clímax, é o instante da explosão, de dois cometas universais;

Então, gritos de prazeres ecoando pelos céus, dois cometas de uma mesma estrela em plena lua de mel; no gozo do encontro, depois de tanto procurar, se acharam perdidos procurando se achar.

Após o amor, deite aqui no meu peito, carinhos e mimos, amor e respeito… um lanche, um filme, risadas e tal, diálogo puro um amor sem igual.

Somos assim, sorrimos com tudo, brincamos, nos divertimos, somos amigos, somos nosso mundo, felizes na cama realizados em tudo…

Poeta Nilo Deyson Monteiro Pessanha

 



FILÓSOFO, ESCRITOR, POETA, COLUNISTA & PALESTRANTE. Fundador da Filosofia da imparcialidade participativa. Autor do livro de Filosofia Todos os Corações do mundo, e do Livro O Teatro da vida e a interpretação das coisas, quem nos garante ser verdade das coisas. Membro de diversas instituições culturais como por exemplo, é imortal acadêmico da Academia de Letras do Brasil seccional Campos dos Goytacazes, é imortal Acadêmico da Academia Pedralva Letras e Artes, ocupante da cadeira n°17 , Fundador do NAISLA, Núcleo Acadêmico Italiano di Scienze, Littere e Arti. Membro de diversas instituições. Nilo Deyson Monteiro participou de diversas antologias, periódicos e muitos de seus trabalhos acadêmicos estão no Google ao pesquisar Filósofo Nilo Deyson.

Diga-nos o que achou do post: