planejamento financeiro

Planejamento financeiro: saiba quais documentos devemos guardar em casa

Ter um bom planejamento financeiro é fundamental para garantir um futuro tranquilo, independentemente de quais sejam os seus planos. Ele é formado por algumas medidas que evitam problemas e garantem o sucesso de qualquer propósito.

Antes de começar a fazer o planejamento das finanças, no entanto, é fundamental analisar a situação do momento e definir quais são os seus projetos de vida, objetivos e sonhos.

A partir disso, você pode traçar uma rota de investimentos que vão te ajudar a alcançar aquilo que deseja.

O dinheiro é muito importante em vários momentos da vida. É por meio dele que as pessoas têm acesso a coisas básicas do dia a dia, como alimentação adequada, higiene, moradia, transporte, entre outros.

Mas a falta de organização financeira pode fazer com que você fique estagnado apenas nessa maneira de utilizá-lo, pois na verdade, independentemente de qual seja o seu salário, é possível destiná-lo a outras coisas, como viajar.

Se o dinheiro é a base para alcançar diferentes projetos de vida, é muito importante saber cuidar dele. Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o conceito de planejamento financeiro e sua importância.

Também vamos mostrar para que ele serve e quais os documentos que você precisa manter em casa.

Conheça o que é planejamento financeiro

Planejamento financeiro é uma metodologia usada para organizar as finanças pessoais e garantir que o dinheiro seja suficiente para todas as necessidades, e que ajude a conquistar objetivos e a realizar sonhos de curto, médio e longo prazo.

Para fazer um bom planejamento financeiro, é indispensável ter disciplina, zelando por ações objetivas com o propósito de garantir o sucesso da organização financeira.

Assim como as empresas, como no caso de uma clínica de exame admissional de sangue, as pessoas precisam cuidar muito bem das finanças, mas esse cuidado não deve ser feito apenas por uma semana ou um mês, na verdade, deve se tornar um hábito.

Você precisa olhar a sua vida no longo prazo, não deixe para quando estiver aposentado, comece agora a fazer um bom planejamento financeiro. A primeira coisa é identificar qual é a situação atual, incluindo seu salário e os rendimentos que possui no momento.

Considere a estabilidade dessa fonte, quais são as previsões de receitas extras para os próximos meses e apure gastos semanais, mensais e anuais.

Feito isso, é necessário traçar seus objetivos de curto, médio e longo prazos, considerando onde você pretende estar financeiramente, um tipo de vida que deseja ter e o quanto gostaria de ganhar.

Tendo em mãos o cenário atual e suas perspectivas futuras, é possível começar a se planejar. Esse processo envolve descobrir caminhos que vão te ajudar a chegar onde deseja.

Importância e função do planejamento financeiro

Se você conversar com um chaveiro 24 horas mais próximo que esteja no mercado há muitos anos, e perguntar para ele a importância do planejamento financeiro para o negócio, vai entender por que precisa implementá-lo em sua vida pessoal.

Quando pensamos sobre o assunto, começamos a identificar uma série de benefícios que esse controle traz para a vida e eles vão influenciar diretamente sua satisfação pessoal e até mesmo a sua saúde.

Um dos maiores benefícios do planejamento das finanças é que você terá total controle do seu orçamento. Você sabe para onde estão indo suas finanças pessoais e com isso identificar o panorama da saúde financeira de sua casa.

Ter um bom controle de gastos é fundamental para economizar dinheiro, visto que uma boa gestão de patrimônio acontece por meio de inteligência e embasamento. Isso é necessário porque ninguém consegue poupar se não conhecer suas finanças.

Esse conhecimento permite eliminar gastos desnecessários, organizar a saúde financeira e identificar onde você investe o seu dinheiro durante o mês. Se você anotar tudo, vai se surpreender.

Alguns produtos e serviços são necessários no dia a dia, como uma camiseta esporte fino masculina para trabalhar, ou então os produtos que você compra no supermercado.

Por outro lado, existem muitos gastos desnecessários no dia a dia, mas que nem sempre nos damos conta, como:

  • Pacote de TV a cabo;
  • Plataformas de streaming;
  • Idas a restaurantes;
  • Academia que você não frequenta.

Pode parecer pouco eliminar um deles ou então reduzir o tempo no banho para diminuir a conta de energia. Mas se você calcular tudo o que gasta em excesso, vai perceber quanto dinheiro poderia poupar ou usar de maneira inteligente.

Ao mesmo tempo em que o planejamento financeiro serve para te ajudar a economizar, também ajuda a diminuir os endividamentos.

Quando uma pessoa não consegue arcar com todas as suas obrigações financeiras, recorre a outras saídas pouco favoráveis, como os empréstimos, uso do cheque especial, pagamento mínimo de fatura e assim por diante.

Investir em injeção direta etanol é uma forma de cuidar do seu veículo, mas os gastos por impulso vão trazer problemas para a saúde financeira da família, aumentam os juros e prejudicam sua tranquilidade e qualidade de vida.

Documentos que você precisa manter em casa

O responsável por cuidar das finanças da casa deve-se atentar a várias tarefas, muito além de controlar a planilha de orçamento.

Procure ter cuidado com alguns documentos, pois devido ao avanço da tecnologia, não é necessário guardar um monte de papéis. Os comprovantes ficam disponíveis nos aplicativos, assim como os boletos.

Mas existem alguns documentos que precisam ser arquivados na versão impressa e facilitar o acesso por todos os membros da família, como apólice de seguro, certidões de casamento e nascimento e contratos.

Mantenha guardado com você a declaração do imposto de renda e cartões de crédito. Os documentos usados na declaração do imposto de renda devem ser mantidos em casa por, no mínimo, 5 anos.

Por exemplo, se você instalou rede tela de proteção apartamento e declarou esse investimento, pode ser que a receita federal queira fazer algumas consultas.

Dicas para planejar as finanças

Agora que você já sabe tudo sobre planejamento financeiro, vamos dar algumas dicas para você organizar suas finanças com facilidade. São elas:

Controlar as finanças pessoais

Anote todos os gastos, inclusive aqueles que parecem insignificantes, em uma planilha ou até em um caderno. As anotações precisam ser feitas diariamente para que nenhum detalhe seja esquecido.

Anote as entradas e saídas para ter total controle do seu dinheiro e isso também ajuda a diagnosticar sua situação financeira atual.

Traçar metas

Traçar metas é muito importante porque ajuda a melhorar os resultados e verificar se as estratégias adotadas por você estão trazendo resultados.

Se uma pessoa pretende guardar dinheiro para instalar piso laminado claro no apartamento, deve verificar se suas metas estão sendo seguidas.

Lembre-se de estabelecer objetivos realistas e com prazos não muito longos, caso contrário, você pode desanimar no meio do caminho.

Evitar o cartão de crédito

O cartão de crédito é um facilitador na hora de comprar, principalmente se você quer fazer uma aquisição de valor maior e precisa parcelar.

Mas o cartão não deve ser usado o tempo todo, principalmente para as compras do dia a dia, como um café na padaria depois do almoço.

Poupar

Além de controlar suas finanças, é muito importante começar a poupar os valores que sobram no fim do mês, mas mesmo sendo algo muito simples, poucas pessoas fazem.

Depois que você pagou todas as suas contas, como no caso de serviços terceirizados de manutenção predial, verifique o valor que sobrou e o quanto você pode guardar.

Quem não poupa pode colocar as finanças em risco, pois caso ocorra algum problema, não terá dinheiro suficiente para resolver.

Conhecer seu padrão de vida

Muita gente quer viver intensamente, mas a maioria das coisas que podemos fazer envolve dinheiro, e tentar pagar por tudo isso pode prejudicar a vida financeira até mesmo dos mais ricos.

Não faltam histórias de pessoas que foram à falência porque não pensaram no futuro. De vez em quando, comprar um vinho tinto suave doce, compatível com sua realidade financeira, é muito prazeroso.

O problema começa quando a pessoa quer acompanhar as tendências, como trocar de celular todos os anos, comprar roupas o tempo todo, comprometer o cartão de crédito com uma viagem, trocar de carro todos os anos e assim por diante.

Conheça suas finanças para saber qual é a sua realidade e o padrão de vida que você pode viver. Isso trará menos angústias, preocupações e outros problemas que afetam a vida de tanta gente.

Considerações finais

As pessoas precisam aprender a valorizar e a cuidar do próprio dinheiro, caso contrário, se endividam e o excesso de preocupações pode afetar outros aspectos da vida, como os relacionamentos familiares.

Um bom planejamento financeiro é a resposta para tudo isso, e neste artigo, você conheceu um pouco mais sobre esse assunto e como colocá-lo em prática.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



Diga-nos o que achou do post: