Óscar Tabárez alcança números expressivos no comando do Uruguai

    Ao atingir 200 partidas pela Celeste Olímpica, o “Maestro” atingiu feito inédito na história do esporte;

    Edinson Cavani marcaria mais um gol para os uruguaios e decretaria o 1×0 para seus compatriotas diante do Chile, pelo grupo C da Copa América. Este resultado daria a liderança do grupo aos uruguaios, que mediriam forças contra o Peru pelas quartas-de-final da competição sul-americana.

    Mas os holofotes recaiam também sobre o comandante da Seleção, Óscar Tabárez, por conseguir a marca de 200 partidas pelo comando técnico da Celeste Olímpica. Com 99 vitórias, 48 empates e 53 derrotas em suas passagens pela esquadra uruguaia, o “Maestro” iniciou sua atual passagem em 2006 e pôs o Uruguai em todas as Copas do Mundo disputadas até então. Conquistou, ainda, a Copa América de 2011 (Argentina), coroando, assim, a atual geração de bons jogadores de que dispõe o país.

    Com a criação de um método de trabalho que consolidou a seleção como uma das principais do continente, e do mundo, o técnico de 72 anos já vem sinalizando que seu ciclo frente à Seleção Uruguaia pode estar perto de terminar. O país, com cerca de 300 mil habitantes, chegou a sofrer intervenções da FIFA recentemente graças à má administração, mas nesse cenário destoa Tabárez, que institucionalizou todas as categorias da Seleção no país, com seu projeto de médio e longo prazo.

    Frente à próxima Copa do Mundo, em que grande parte do elenco atual terá acima de 30 anos, a tendência é que haja em breve uma renovação – quiçá nas eliminatórias sul-americanas. A questão que fica é: em março do ano que vem, a renovação também incluirá o “Maestro”?

Veja mais:

Uruguai goleia Equador e assume a ponta do Grupo C

Brasil vence Uruguai e conquista o Octacampeonato Sul-Americano de Futebol de Areia

Brasil consegue a vitória contra o Peru e fatura título da Copa América

Copa América 2020

 



Graduado em Administração na UFRRJ, Apaixonado por Futebol, Flamenguista por Opção, Geek por Natureza, Carioca de Nascimento, Amante de Livros, Cinéfilo, Curte Contar/Apreciar Boas Histórias e Experiências de Vida, Autor do livro "Veredas da Vida: Poéticos Conselhos" (Chiado Books), Sempre em Busca de Novos Objetivos.

Diga-nos o que achou do post: