Opinião: É hora de auxílio ou da renda básica universal?

O auxílio emergencial é um dos principais avanços na inclusão social no Brasil. Uma proposta de renda básica universal é cada vez mais viável.
Sabe-se que pessoas que precisam do auxílio emergencial não o fazem por falta de qualificação profissional, mas sim por conta da pandemia de covid-19. A exigência de um “curso de capacitação” para o recebimento do BIP (Bônus de Inclusão Produtiva) é ridícula, já que os beneficiários já fazem parte da zona de produção.
Auxílios emergenciais não aconteceram apenas no Brasil, mas sim em todo mundo (por um valor bem maior) para toda a população. Nos EUA e na Europa, por exemplo, pessoas receberam cerca de mais de 1000 euros por mês, para ficarem em casa.
O governo Bolsonaro, dito liberal, o que não é de verdade, trata o povo brasileiro como se fosse um indigente pedindo esmolas. Não, é o maior pagador de impostos do mundo. A renda mínima básica é uma proposta liberal.


Célio Azevedo é jornalista e filósofo graduado, além de docente superior pós-graduado, com MBA em Gestão de Negócios pela UCAM e MBA Executivo em Marketing pela UGF, número de registro: 28.046/RJ. É autor de "A Cobertura do JB e do Globo da Queda do Muro de Berlim (1989) e do Fim da URSS (1991)", "Manuscritos Poéticos", "Java para todos", "Músicas em Outros Idiomas", "Arte e Materialismo - Filosofia do Caos", em tcheco "Umění a Materialismus: Filozofie chaosu", "As Tecnologias da Comunicação e o Ensino Superior de Jornalismo", "A Educação planetária de Edgar Morin", "Gotterdamerung", trabalhou também no livro de contos "O Lado Sombrio" e, recentemente, em "Kritické Myšlení a Média". Também lançou os álbuns musicais de estúdio: "2012", "Mr. Fusion", uma ópera rock "Celio Azevedo's Scout - Scoutish: The XXI Rock Opera", "Espere o Amanhã", "Modern World", "2022", além de diversos singles e outras discografias alternativas. Nos anos 2000, ademais, estudou TI, Direito e Filosofia, além de lecionar linguagens de programação orientadas a objetos. Nos dias de hoje, ministra cursos e é empresário. Palestrante, periodista e escritor, atualmente analisa a realidade política nacional e internacional sob uma perspectiva própria.

Diga-nos o que achou do post: