O QUE TE FAZ MELHOR É SUA VONTADE DE SER MELHOR

Apenas sua própria vontade pode te fazer uma pessoa melhor, nada e ninguém mais tem esse poder sobre sua vida. E sua decisão de se tornar uma pessoa melhor só acontece quando você começa a perceber e aceitar que que algumas de suas ações prejudicam ou prejudicaram outras pessoas. Isso é complicado e de difícil aceitação, pois é um embate dolorido de você com seu eu interior, e tem que ser muito sincero, uma vez que não há mais ninguém envolvido.

Quantas vezes nos arrependemos de alguma coisa que fizemos e isso prejudicou alguém? Espero que sua resposta seja poucas vezes, assim fica mais fácil de você se retratar consigo mesmo e começar a mudar seu modo de agir. Em alguns momentos nossas ações podem ter prejudicado muitas pessoas, elas podem ter sido deliberadas, ou seja, tomadas conscientemente com esse intuito, o que é maldade, ou podem ter sido tomadas de forma completamente involuntária, ou seja, sem nenhuma intenção de prejuízo alheio, como alguma mudança de paradigma produtivo que tenha afetado as pessoas profissionalmente.

Você já parou para pensar nas vezes que por raiva ou sei lá por que motivo ruim você tomou alguma atitude que prejudicou alguém em sua vida profissional ou pessoal? Se não, pare um pouco e veja tudo o que já aconteceu com você e vai encontrar alguma coisa nesse sentido, isso fez bem a você? Pode ter dado uma pequena sensação de vitória no momento, mas depois, com certeza, deve ter dado aquela dor na consciência, que não deixa ninguém em paz. E o quê você fez? Normalmente não se faz nada, porque o pensamento dominante é de que naquele momento foi merecido e que a pessoa devia isso a você. Mas não é bem assim, porque devolver o mal com o mal não te faz melhor do que o outro e nem vinga nada, aliás a vingança é um sentimento que faz mal a quem tem esse desejo, assim como a raiva e outros sentimentos ruins, só fazem mal a quem os nutre.

Ao decidir ser uma pessoa melhor, menos vingativa e mais conciliadora, você percebe que alguns problemas que enfrenta são fruto de sua vida voltada a quem não merece sua atenção. Pare e pense em quantas coisas você deixou de fazer por você porque sua raiva de outro o impediu, de quantas noites mal dormidas pensando em ferrar o outro por qualquer motivo bobo, pense em quantas bobagens você fez, colocando até sua integridade física em perigo, tudo para dar uma lição em alguém, já pensou que a raiva te faz ficar cego e o prejudicado é você?

Então, quando você decide que seu tempo é mais valioso do que o do outro, quando você percebe que o outro está vivendo a vida dele, conseguindo realizar suas metas e tendo uma vida feliz, e que sua vida está de pernas para o ar só porque você decidiu que ia ferrar com vida dele, que você esquece de viver sua vida para se preocupar com a vida de quem te sacaneou em outra época, que você vive não pelos seus propósitos, mas pelo simples desejo de vingança, é aí que tudo muda, ou começa a mudar para você, a cegueira acaba e sua percepção volta e junto com ela a razão. Nesse instante você decide que precisa ser melhor.

A questão de ser melhor em qualquer coisa, não deve ser medida pelos outros, mas sim por você mesmo, ser melhor é para seu próprio bem e não para se mostrar. Quando você entende isso e começa a ser melhor para si mesmo quem está a sua volta percebe essa mudança e, mais ainda, começam a te achar melhor também, menos carregado, pois o ser vingativo é uma pessoa demasiadamente carregada de coisas negativas, que atraem mais coisas negativas, que vão afundando mais sua vida. A razão de ser dela passa a ser o outro e não ela mesma.

Temos que focar em nossas coisas e esquecer o outro por pior que tenha sido a experiência com ele, a vida mesmo vai dar uma lição nessa pessoa e você não precisa se preocupar com isso. Tenha o foco voltado para seus sonhos e suas metas, supere o mal que te causaram e fique esperto para não tomar outro prejuízo ou ser passado para trás novamente e siga seu destino. Afaste-se de quem não presta para estar junto de você e assim sua defesa está armada.

Tudo só depende de você olhar com mais carinho para o seu interior e perceber o quanto o ódio não está sendo legal para você. Pare e faça uma análise sincera de sua vida e veja o quanto ela pode ter andado para trás enquanto sua sede de vingança era irracional e entenda que a única pessoa que sofreu foi você junto com as pessoas próximas. Não existe esse negócio de “quem bateu esquece e quem levou não”, não deixe isso te consumir, e não dê outra chance de apanhar, se proteja e siga seu caminho sem olhar para trás e sem deixar que a mágoa e o ressentimento te façam mal.

Ser melhor como pessoa é uma decisão sua, é libertador e faz muito sentido para que sua vida não fique estagnada, pois o sentimento de vingança põe sua vida em standby, sem progresso algum, por você não conseguir enxergar sua própria vida. Quando a sua decisão de não revidar prevalece sobre todos os sentimentos ruins até então alimentados sua saúde melhora, acredite nisso, pois o estresse desaparece, você dorme bem, seu cérebro funciona melhor, seus relacionamentos ganham muita qualidade e seu trabalho fica mais leve. Lembre-se que você decide o que vai fazer com as rasteiras que os outros te dão, ou se levanta e segue a vida, ou fica caído tentando fazer com que o outro caia também, é só perceber que enquanto você ficar caído o outro vai continuar caminhando firme e forte e suas tentativas de derrubá-lo serão sem nenhum efeito.

Viva para você e volte suas ações para que sua vida progrida e não para atrapalhar a vida dos outros, se proteja de pessoas tóxicas e não se exponha para assim se fragilizar, demonstre segurança nas suas escolhas e não desvie o seu foco do que realmente importa, você. Isso é decisão sua, que fará você conquistar seu objetivo. Quem te ferrou, pode acreditar, em algum momento vai se ferrar também, pois o que se acha esperto, na verdade é incompetente e acredita que ninguém é melhor do que ele, pois não consegue ver que suas ações estão apenas colocando ele em um buraco cada vez mais fundo.



Formado em Letras e pós-graduado em Marketing, membro convidado da Academia de Letras da Manchester Mineira. Com formação em Coaching, atua como treinador de vendedores e Palestrante Motivacional. Poeta, contista, cronista e articulista. Três vezes finalista do prêmio Top Blog, na categoria Política e colaborador no jornal Tribuna de Minas. Participação no projeto "Poesia na Escola" como autor de destaque na edição de 2022, você pode baixar o e-book do projeto acessando o link: https://online.fliphtml5.com/dozlr/ajdc/ Autor de dois livros "Conselhos Diários. Você Não Tem Limites!" e "Você Pode Mudar!", onde fala sobre aspectos de carreira e liderança. Você pode comprar no site: https://bio.uiclap.com/celsociampi

Diga-nos o que achou do post: