endomarketing

O que é endomarketing? Entenda como engajar seus colaboradores

Atrair, converter e fidelizar consumidores é um mantra repetido nos espaços de marketing. Contudo, o mesmo cuidado com os colaboradores de uma empresa é fundamental para o sucesso em todo o resto. Para isso, surge o endomarketing

O termo é usado para se referir às práticas de marketing com enfoque no funcionário, construídas sob medida para o ambiente organizacional. Neste artigo, conheça quais são elas e porque elas são tão importantes. 

Marketing no ambiente organizacional

O ambiente organizacional é profundamente afetado por fatores internos e externos. O objetivo de uma empresa é gerar valor para os seus grupos de interesse, formado pelos consumidores, investidores e colaboradores.

 

Sem os profissionais que compõem o ambiente organizacional, nenhuma das ações corporativas é possível. A produtividade média é um aspecto tão importante que modifica a conjuntura macroeconômica, reduzindo ou aumentando o poder de compra da população. 

 

O endomarketing enxerga o colaborador como uma peça chave para o fluxo de bens e serviços. Portanto, suas ações visam aumentar a motivação e, consequentemente, a satisfação do funcionário, a fim de aumentar também a sua produtividade. 

7 ações de endomarketing valiosas

Investir em endomarketing é implementar ações reais em uma pasta catálogo personalizada, com benefícios visíveis. Considerando o colaborador dotado de necessidades, como o são os consumidores, o gestor pode propor algumas destas ações:

1 – Treinamento pós-contratação

A obtenção de novos colaboradores para uma empresa vai muito além da contratação. Os critérios utilizados pelos recrutadores, em parceria com os gestores dos departamentos que receberão os funcionários, são definidos de acordo com o que é compatível para o negócio. 

 

Os principais critérios usados na contratação tocam em habilidades técnicas, como a formação, o nível de experiência profissional, a existência de cursos e as ferramentas que o candidato pode manusear. 

 

No entanto, fatores mais pessoais, como a disponibilidade de trabalho, a capacidade de liderança e traços comportamentais também exercem peso sobre a escolha, posto que esses pontos vão afetar a adaptação deste profissional ao clima da empresa. 

 

O treinamento que sucede à contratação serve para adequar o colaborador à cultura organizacional do empreendimento e ao ciclo de trabalho, apresentando o que será exigido do profissional e como ele se encaixa diante da cadeia produtiva. 

 

O treinamento profissional é de extrema importância até mesmo para aqueles que são experientes, visto que seu papel nestes casos é calibrar o estilo de trabalho daquele colaborador à entrega esperada. 

 

Equipes de gestão que investem nos treinamentos internos lidam com problemas menores em termos de conflitos, aumentam a produtividade por funcionário, melhoram os índices de satisfação interna e a comunicação entre líderes e subordinados. 

2 – Congressos e feiras

Os congressos são eventos de grande porte, de caráter mais formal, que reúnem várias palestras sobre uma área de conhecimento, atraindo pessoas interessadas no assunto. Esses locais são valiosos para cultivar um bom networking

 

Instituições que organizam eventos reúnem outros empresários, investidores e profissionais, além de especialistas nos subtópicos que serão abordados. Além das palestras, mesas redondas para perguntas da audiência, cafés e almoços compõem o projeto. 

 

Em um caderno personalizado, o gestor pode esquematizar um congresso interno, listando potenciais convidados e inserindo no cronograma ações que estimulem a construção de boas relações entre os colaboradores da empresa. 

 

As feiras, por outro lado, carregam uma informalidade única para o calendário corporativo. Funcionam como eventos de inovação, usualmente realizados ao ar livre ou em galpões, compostas por stands que exibem uma ferramenta e exemplifica seu uso. 

 

Esses eventos podem ser um excelente pontapé inicial para um ciclo de trabalho, onde os funcionários são apresentados às novas ferramentas e conceitos de maneira criativa. O recurso também pode ser usado para o estímulo de ideias, como um brainstorm.

3 – Festas de encerramento

As festas de encerramento acontecem ao final do ano corporativo ou de um ciclo de trabalho periódico, quando as equipes finalizam um longo trabalho. O momento de celebração marca o descanso e a gratificação pelos serviços prestados.

 

Existem muitas formas de esquematizar e realizar uma festa de encerramento, e em termos de endomarketing, o evento pode ser filmado e apresentado ao público, atraindo potenciais colaboradores de peso, mais qualificados e experientes.

 

A capacidade de atrair e reter talentos é uma das metas do endomarketing, que visualiza o capital humano como um dos mais importantes para o crescimento de uma empresa. A entrega de um calendário personalizado com fotos está entre as opções de brindes.

 

A festa em si pode ser feita ao ar livre ou em espaços fechados, no inverno ou no verão, com temas e dinâmicas das mais variadas. É essencial, contudo, que os gestores não a transformem em mais um dia de trabalho. 

 

É necessário pensar no orçamento da festa, considerando a quantidade de convidados, a estrutura do espaço disponível, o cardápio e as bebidas oferecidas. Lembre-se que é preferível o excesso à falta.

 

O comparecimento deve ser opcional e o ambiente cultivado deve ser de descontração, de maneira que os colaboradores se sintam à vontade. A distribuição de um adesivo transparente personalizado pode auxiliar dinâmicas em festas à fantasia, por exemplo.

4 – Premiações

As premiações podem ser individuais ou coletivas, com o objetivo de incentivar os melhores trabalhadores a manter sua dedicação, bem como motivar os demais colaboradores ao crescimento interno. 

 

A produtividade é profundamente afetada pela motivação, que pode ser definida como a percepção de que suas necessidades pessoais são ou podem ser satisfeitas ao aplicar determinado esforço. Fatores que contribuem com este estado, são:

 

  • Aptidão e desenvoltura técnica na execução da tarefa;
  • Projeções de crescimento social e financeiro; 
  • Níveis baixos de estresse no ambiente de trabalho; 
  • Tempo disponível para atividades pessoais; 
  • Reconhecimento pelo serviço prestado. 

 

As premiações atuam principalmente naquilo que é percebido como bonificações sociais, uma vez que se distingue dos salários ou auxílios. Podem ser simbólicos ou representar ganhos monetários sob a forma de viagens, ingressos ou bens de consumo. 

 

A empresa pode confeccionar itens como uma mochila corporativa personalizada que pode ser usada nas premiações. Os prêmios coletivos focam-se em recompensar o esforço conjunto de equipes, ideal em empresas que trabalham nesse modelo. 

5 – Espaços recreativos 

Os locais recreativos servem para ajudar na redução do estresse nos locais de trabalho. São salas ou terraços compostos por sofás, pufes, mesas de jogos e outros equipamentos que estejam dentro da proposta de cada empresa.

 

O uso desses ambientes é livre para qualquer funcionário e deve ser posicionado em uma região silenciosa do prédio, a fim de promover o máximo relaxamento possível. Decorar o espaço com adesivo vinil personalizado e tapetes coloridos traz mais aconchego à sala. 

 

O hábito de criar espaços recreativos se popularizou com as empresas de tecnologia, que apresentam um nível de produtividade alto e estrutura que permite a expansão do negócio com investimento estável.

 

Por sua cultura organizacional, essas empresas podem disponibilizar este espaço sem correr o risco de prejudicar a produção. Pelo contrário, os locais recreativos viabilizam o descanso do funcionário, que retorna ao trabalho com energias renovadas.

6 – Planos de carreira

Não existe empresa com altas taxas de satisfação sem um vislumbre de crescimento profissional para os colaboradores. De modo a reter esses talentos lapidados pela organização, são estabelecidos os planos de carreira. 

 

Cada plano de carreira é fundamentado naquilo que a empresa enxerga como estratégico. O funcionário sobe de hierarquia, assume postos de nível mais elevado e com salários melhores, o que o estimula a trabalhar melhor. 

 

O plano destinado a cada posição deve ser demonstrado ao profissional ainda durante a contratação e o treinamento, onde o colaborador será levado a conhecer o empreendimento marcado por placa de identificação de salas personalizada

7 – Participação em lucros para equipes

Algumas empresas segmentam suas funções diárias em equipes que funcionam como forças-tarefa, que possuem um objetivo específico, que é a criação do produto, em grande parte dos casos. 

 

A fim de estimular a criatividade e o maior cuidado com a qualidade técnica dos itens confeccionados, a empresa pode oferecer uma participação nos lucros de sua venda. Isso aproxima o profissional dos interesses da gestão. 

 

Muitas vezes, o profissional não se sente responsável pelo desempenho do produto nas prateleiras, um fenômeno que se revela com maior frequência nas cadeias produtivas, posto que seus funcionários não estão em contato com os setores de marketing e vendas. 

 

Tornar esses colaboradores parte da receita gerada é um modo de criar interesse por todos os processos pelo qual um totem luminoso, por exemplo, passa até chegar nas mãos do consumidor. 

 

Muitos empregadores falam sobre a necessidade de vestir a camisa do negócio. Para que o colaborador vista a camisa, é importante que ele visualize um benefício para si mesmo, um elemento motivador. 

Conclusão

O endomarketing é uma iniciativa que parte de uma visão acertada sobre as organizações: não há perspectiva de sucesso corporativo sem cuidado com os profissionais que movimentam a engrenagem. 

 

Visualizando o capital humano como algo valioso para o sucesso e estabilidade das empresas, o endomarketing aplica técnicas que beneficiam a estadia do colaborador e motivam o profissional a entregar o melhor de seu trabalho. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



Diga-nos o que achou do post: