O artista e sua obra

Quando se tem em mente um projeto, é normal que ele surja primeiro na imaginação.
Você o molda, coloca detalhes, faz consertos e tenta imagina- ló perfeito.
E quando finalmente está pronto é hora de sair dos planos imaginário e ir pro papel, pra depois ser executado e finalmente feito concretamente e ver a realização do sonho de um projeto finalizado.
Isso é obra da criação, de artista, arquiteto, poeta enfim de sonhador.
Assim vemos algo que um dia foi criado nas mãos de um super artista que em sua obra mais valiosa usou a matéria prima menos provável.
Ele poderia ter usado tantas coisas, mais o projeto nasceu do barro. Ele olhou, moldou, deu forma a sua magnífica criação
Fez tudo com paciência, amor e dedicação, realizou tudo conforme sua vontade.
E no final viu que era bom.
Porém aquela obra estava sem vida, sem brilho, sem cor o aspecto era de morte.
Então o artista analisa e tem uma brilhante ideia, a ideia de dar vida aquela obra. E em um sopro Milagroso Ele enche sua criação com alma e espirito.
Tudo estava perfeito, a obra criada era muito boa, mais ainda faltava dar nome a ela , então olha vê as características, detalhes e decide chama – la de ” homem”.
Assim termina e concretiza um grande projeto que nasceu em seu o coração. O homem está pronto, perfeito o com uma grande características inigualável, ele é a imagem e semelhança de seu criador.
Então com as mão ainda sujas de barro o artista tem o primeiro encontro com a obra nasce ali um elo eterno entre criador e criatura, Deus e o homem, pai e filho, o início de uma grande história.



Amante das prosas e rimas, escrever é fugir do caos e se encontrar em meio há várias possibilidades. Nem autora, nem poeta apenas apaixonada pelas palavras.

Diga-nos o que achou do post: