MÁRCIO GUTEMBERG

 

MÁRCIO GUTEMBERG

      A história que eu vou contar para vocês é a história de Márcio Gutemberg.
Grande Márcio! Um cara que adora passear, vagabundar… E chega à noite, já quase de madrugada!… Com a maior cara de cínico!
Bate no portão avisando que já chegou, entra e já quer comer!
Caminha pelo bairro todo, conhece as ruas de cor. E por onde passa, se encontra alguma dando bola… Ah, ele não perde tempo! Márcio Gutemberg?! Aquilo é um namorador! Já perdeu as contas de quantos filhotes deixou por aí… Ele? Ele não quer saber de compromisso. Quer saber só de vagabundar. Ele é uma figura! Com aquela cara de pidão!…
Na hora de tirar foto ele faz pose de galã, ele… Ele é o cara! Não é de raça, é um vira-lata… Um vira-lata muito querido!
Todos no bairro do Vale do Reginaldo conhecem ele. Vai descendo as escadarias dos becos e vielas, entra nas casas das pessoas… Ele é entrão, nem pede licença! Mas todos não resistem e lhe dão muito carinho. Márcio Gutemberg é o nome deste ser simpático. Ele é um cachorrão mesmo! Faz jus. Sai da casa dos seus donos pela manhã e caminha praticamente todo o bairro, alguns malvados tacam-lhe pedra e ele foge. Tem sempre alguns infelizes que maltratam os animais. Um mulher que vende frango assado na sua mercearia, a dona Celina, é uma dessas infelizes. Quando Márcio se aproxima para olhar a ” televisão de cachorro”, ela joga água nele, pega a bacia d’água e joga nele. Márcio até gosta! Passou o dia inteiro andando, ficou sujo e precisava de um banho para impressionar as ” tchutchucas” . Márcio é conquistador e não perde uma briga! Teve um caso em que ele se chegou para uma tchutchuca e um cachorro de um vizinho lá da vila, o Paca, partiu pra cima de Márcio Gutemberg. Paca não queria dar mole não! Paca não deixou que Márcio viesse para cima de sua novinha, sua cadelinha. Mas Márcio não quis saber! A cadelinha Sofia não resistiu ao charme de Márcio e largou de Paca. Mas Paca não queria o término daquele relacionamento, Paca não aceitou perder Sofia para Márcio. Mas perdeu, Paca! O Márcio saiu vitorioso. Alguns arranhões, algumas leves feridas… Mas o coração saiu satisfeito!… Batendo forte por Sofia. E foram muitas lambidas, muitos chamegos até ao amanhecer. Os donos de Márcio estavam preocupados. Márcio chegou todo alegre, bateu a patinha avisando de sua chegada. E quando os seus donos estavam saindo pra trabalhar, viram Márcio sujo e ferido. O chefe da casa, seu Haroldo ( dono de Márcio), pediu que seu filho desse um banho em Márcio. Fernando chamou Márcio e deu um banho nele. ” Márcio, seu safado! Tava namorando por aí né!… ” O garoto riu. Márcio fez um ar de riso, parecia entender o que o garoto estava dizendo.
E a história de Márcio é esta! Muitos passeios, muita farra… Márcio é o rei do Reginaldo! Grande Márcio Gutemberg! Valentão, forte, viril…
O grande Márcio Gutemberg!
E quando ele vai à praia? Os seus donos colocam sunga nele. Levam ele pra praia e ele vai todo metido, rebolando, tirando onda nas areias da praia de Pajuçara! Márcio é alto nível! Saiu do bairro do Reginaldo e foi para o bairro de classe alta. Olhando tudo… As cachorras de alto padrão. Sai fora Márcio essas cachorras não são para o seu focinho não! Mas Márcio não quer saber, Márcio é namorador! Márcio é a alegria daquela família maceioense. Márcio Gutemberg é um nome importante! Os animais são importantes, devemos amar os animais porque eles têm sentimentos, eles são verdadeiros. Márcio Gutemberg por exemplo, ele sabe… Todos os animais sabem quando são bem amados, são bem queridos. E quem maltrata um animal merece apodrecer atrás das grades. Porque o animal… O animal de estimação é alegria! Muitas pessoas que estão doentes, com depressão… Já foi dito que muitas até se recuperam por causa dos animais. Eles ajudam na recuperação de pessoas deprimidas, tristes… E não pode acontecer isso de maltratar de diversas formas. Jamais!
Márcio Gutemberg é sinônimo de alegria! Graças a Deus! Ele sempre recebeu muitos livramentos! Dizem né que o gato tem sete vidas… Pois Márcio, que não é gato, já ultrapassou esta marca, muitas vidas! Era pra ele ter partido, mas ele sempre sobreviveu, sempre com a alegria dele, e fazendo as arruaças dele, as confusões… Ele está aí, vivo! E já faz quinze anos que Haroldo pegou Márcio Gutemberg para criar, bem novinho.
Hoje ele já está quase um ancião, mas ainda não sossegou o facho, ainda quer namorar! Ah, Márcio Gutemberg!… Uma fofura o nosso herói!

( Autor: Poeta Alexsandre Soares de Lima)



BIOGRAFIA Eu me chamo Alexsandre Soares de Lima, sou poeta romântico e escritor que fala sobre a importância de viver na luz do amor. Nasci em Meriti, no Rio de Janeiro, no dia 22 de Abril de 1976. Iniciei meus estudos aos 4 anos de idade. Estudava no quintal da casa de uma vizinha, a escolinha da Dona Zezé. A partir daí, sempre me dediquei aos estudos. Aos 12 anos, ganhei dos meus pais, de presente de aniversário, uma máquina de escrever. Com ela, a mimha brincadeira preferida era escrever jornalzinho. Sempre gostei de escrever, era um excelente aluno em Língua Portuguesa. Aos 17 anos, talvez movido pela tristeza da separação dos meus pais, após a minha mãe ter saído de casa, ter sumido no mundo, comecei a escrever pensamentos. Eu era um jovem introspectivo, tímido, e escrevia para desabafar, colocar pra fora o que sentia. Depois dos pensamentos, logo passei a escrever poesias. Aos 20 anos, em 1996, eu lanço meu primeiro livro de poesias intitulado ENGRENAGEM, no mesmo ano em que ingresso na Faculdade de Letras. Minha professora de Literatura foi quem organizou a Noite de Autógrafos no salão nobre da faculdade. Ela selecionou alguns alunos para declamarem meus poemas do livro. Em Maceió ( AL ), terra dos meus pais, fiz uma exposição de poesias na Secretaria de Cultura e na Biblioteca do SESC, além de ter declamado em um centro de artes do mesmo estado. Concedi algumas entrevistas para rádios e emissoras de televisão de Alagoas. Em 2005, lanço meu segundo livro intitulado COM O OLHAR FIXO NA ALMA. Com esta obra, fui me aprofundando nos assuntos da alma e do coração. Busquei libertar a poesia que está dentrode cada um de nós. Numa época em que a internet dava seus primeiros passos e era um recurso difícil de ser acessado, eu divulgava minhas poesias nas rádios comunitárias de bairros cariocas e também na Baixada Fluminense. Há 7 anos venho divulgando minhas poesias nas redes sociais. Tenho canal no youtube que se chama POETA ALEXSANDRE SOARES DE LIMA. Lá, diariamente publico vídeos em que eu crio na hora poemas que tocam o coração, mensagens de amor, amizade, esperança, luz e fé em Deus.

Diga-nos o que achou do post: