JARDIM QUE SOU – NEIDE PESSANHA

Pela manhã em meu jardim, converso com minhas flores, a jasmim, anêmona, acácia, iberis, pervinca, solidargo, urze e tantas outras belas artes flores, elas me ouvem, eu às falo.

Conversamos sobre a vida, das idas, das vindas, do acaso, e no meu caso, essas coisas da vida eu me acho mulher de verdade, não por ser só mulher, mas sim, por ser só verdade, sem vaidade!

Agora, pela tarde, sento-me nas rochas da minha praia, não baba, é Tambaba, praia natural da Paraíba, onde reflito coisas da vida e quanta coisa vivida; daria uma avenida em biografia de mim, que sou assim…

Morena de cor maravilhosa, sorriso belo, sincero que sabe amar, cuidar, se dar, e por amor; suportar desertos certa que há, no momento certo a ação de Deus à abençoar.

Vem caindo a noite, é hora de voltar para o lar, onde seu esposo lhe aguarda para o jantar; assistir, sorrir, brincar; depois então, na cama, por toda madrugada se amar, beijar, acariciar fazendo amor até o dia gritar ” levantem da cama, vaiii trabalhar que o dia acabou de chegar adendo sol..”

Lavantam-se então, Neide e Deyson, para tomar o café juntos, assim deve ser marido e mulher, quase perfeito, homem, esposa, ao terminar o café desejam, um para o outro: ” Bom trabalho, até mastarde se Deus quiser, voltaremos para o nosso lar para novamente de modo novo brindar sei lá o que, mas vale ser por estar com você. ”

Enfim, tenho um universo em mim, sou mulher de verdade, que chora, sou forte, sinto saudades, mas firme, vivo cada a dia por minha família, por meus filhos, pelos sonhos que se justificam pelo heroísmo da minha fé, sou Neide Pessanha, sou de verdade um modelo de mulher!!!

” Pequena homenagem de seu esposo Nilo Deyson Monteiro Pessanha ”

Decidi homenagear minha esposa que é uma mulher incrível, forte, verdadeira e que sabe amar. Aqui é apenas um pouco dela, que venceu tantas adversidades na vida, que passou por experiências peculiares muito fortes e com superação, venceu e continuará vencendo sempre na vida. Beijos no coração do seu esposo Nilo Deyson Monteiro Pessanha. Casamos em 24 de Abril de 2001 – vivemos juntos desde dezembro de 2000.



FILÓSOFO, ESCRITOR, POETA, COLUNISTA & PALESTRANTE. Fundador da Filosofia da imparcialidade participativa. Autor do livro de Filosofia Todos os Corações do mundo, e do Livro O Teatro da vida e a interpretação das coisas, quem nos garante ser verdade das coisas. Membro de diversas instituições culturais como por exemplo, é imortal acadêmico da Academia de Letras do Brasil seccional Campos dos Goytacazes, é imortal Acadêmico da Academia Pedralva Letras e Artes, ocupante da cadeira n°17 , Fundador do NAISLA, Núcleo Acadêmico Italiano di Scienze, Littere e Arti. Membro de diversas instituições. Nilo Deyson Monteiro participou de diversas antologias, periódicos e muitos de seus trabalhos acadêmicos estão no Google ao pesquisar Filósofo Nilo Deyson.

Diga-nos o que achou do post: