Henrique Fogaça é impedido de doar marmitas em São Paulo

O empresário, apresentador e chef de cozinha Henrique Fogaça, postou hoje em sua página no Facebook um vídeo demonstrando sua indignação por ter sido abordado e proibido pela polícia de São Paulo de praticar a boa ação de doar alimentos a pessoas mais vulneráveis, moradores de rua e dependentes químicos da cracolândia no centro de São Paulo.

“QUER MATAR OS MORADORES DE RUA DE FOME??” – Questiona Fogaça se dirigindo ao governador de SP João Dória.

O empresário tem distribuído cerca de 400 a 500 unidades de marmitas por dia, contando com a ajuda de doações, voluntários e amigos. Uma ação que ameniza a fome de muitas pessoas necessitadas que muitas vezes não são enxergadas pelo poder público que além de não dar a assistência necessária, atua para impedir que gestos humanitários como este sejam feitos.

É notório que existe uma batalha de interesse político em meio a esta crise de saúde pública, mas permitir que ações rebeldes de governadores provoquem a fome ou impeça a ajuda aos mais necessitados, aí passou dos limites!

“Quarentena ok, Restaurante fechado ok, a gente entende… preservar a saúde das pessoas – agora não poder entregar marmita, hein o governador? Sr. Dória, e aí, como é que faz? “ – Fogaça

Clique na imagem abaixo para assistir o vídeo:



Brasileiro, natural de São Paulo - SP, Jornalista, Empreendedor, Administrador de Empresas, Técnico em Informática, WebDesigner, Designer Gráfico e Fotógrafo. Amante da natureza, boa literatura, boa música e conservador nos costumes.

Diga-nos o que achou do post: