Forro de PVC, gesso ou madeira? Qual o melhor para você? Entenda

O forro é um elemento responsável por oferecer um acabamento impecável ao seu projeto residencial. Porém, com tantas opções disponíveis no mercado, surgem dúvidas sobre qual a melhor alternativa: forro de PVC, gesso ou madeira.

Independentemente da sua escolha, é sempre importante avaliar os materiais de construção antes de tomar a decisão de compra.

Neste artigo, você conhecerá as vantagens e desvantagens de cada material. Acompanhe!

 

Forro de PVC

Se você quer uma solução prática e rápida, com bom custo-benefício, o forro de PVC é uma boa pedida.

Além de ter um custo semelhante ao gesso, você pode optar por diferentes estilos e acabamentos. Há opções, por exemplo, que imitam o ripado de madeira, mas que saem bem mais em conta.

A instalação é feita por encaixes, já que o material é constituído por placas. Por essa razão, é tão prática. O PVC também é durável e impermeável, portanto, pode ser aplicado em ambientes úmidos.

Contudo, o material não oferece bom isolamento acústico e térmico. Se você reside em locais frios, é aconselhável aplicar uma camada de lã mineral entre o forro e o telhado para ter mais conforto térmico dentro de casa.

Outro cuidado importante é em relação a instalação em espaços expostos a altas temperaturas. O material não é resistente ao fogo, portanto, não deve ser instalado em churrasqueiras e cozinhas.

Vantagens

  • baixo custo;
  • praticidade de instalação;
  • durabilidade;
  • impermeabilidade.

Desvantagens

  • baixa resistência ao fogo;
  • não oferece isolamento térmico e acústico;
  • possibilidade das placas soltarem se não forem aplicadas por mão de obra especializada.

Forro de Gesso

O preferido entre os brasileiros na hora de construir ou reformar devido seu custo-benefício, o forro de gesso possui dois tipos de acabamentos disponíveis no mercado: tradicional e drywall.

O tradicional utiliza placas moldadas que são encaixadas lado a lado e presas com arames. Costumam fazer bastante sujeira.

Já o drywall — também conhecido como gesso acartonado — possui placas de gesso acartonadas, que são fixadas com estrutura de metal, o que gera mais praticidade e menos sujeira!

Independentemente da sua escolha, ambos são versáteis, fáceis de combinar e ainda são ideais para projetos que possuem iluminação embutida, como spot de lâmpada, ou rebaixamento de gesso.

O forro de gesso se destaca por suas propriedades térmicas e acústicas, pois isola barulhos e ajuda a manter a temperatura agradável. Além disso, também é fácil de realizar manutenções.

Por outro lado, o material tende a reter umidade, não sendo a melhor das opções disponíveis para ambientes úmidos, como banheiros.

Vantagens

  • conforto térmico e acústico;
  • facilidade de realizar manutenções;
  • versatilidade;
  • custo-benefício.

Desvantagens

  • baixa resistência à umidade;
  • sujeira, caso opte pela instalação tradicional.

Leia também: Tendências de decoração para 2021

Forro de Madeira

O forro de madeira exige um investimento mais alto, afinal, trata-se de um material nobre. Porém, você irá ganhar em durabilidade, pois ela é altamente resistente e pode conservar-se bonita por longos anos, quando bem cuidada.

Essa é a aposta certeira para quem quer adicionar um toque sofisticado aos ambientes e valorizar seu projeto residencial.

Outras características interessantes são o conforto térmico, isolamento acústico e a sensação de aconchego que o material transmite. Também é uma escolha atemporal, que combina com todos os estilos decorativos.

Por outro lado, o forro de madeira não é recomendado para banheiros e áreas abertas, por conta da umidade e exposição solar, o que compromete sua durabilidade. Além disso, ainda exige cuidados especiais quanto à possibilidade de infestação de cupins.

Vantagens

  • durabilidade;
  • conforto térmico e acústico;
  • valorização do projeto;
  • maior sofisticação por ser um material nobre.

Desvantagens

  • baixa resistência a umidade e exposição solar;
  • alto custo;
  • necessidade de cuidados especiais para evitar cupins.

Conclusão

Seja para moradia ou para colocar a casa ou apartamento para investimento, avalie as melhores opções no mercado antes de decidir qual o forro ideal para seu projeto.

Cada material possui vantagens e desvantagens, ainda mais em relação ao cômodo onde será instalado. A madeira, por exemplo, não é recomendada para espaços úmidos, enquanto o forro de PVC ou o gesso podem ser instalados nesses ambientes.

Portanto, vale considerar utilizar mais de um tipo de forro para atender melhor suas necessidades e deixar a casa ainda mais completa. Só se atente para não afetar a estética final do seu projeto!

 



Diga-nos o que achou do post: