FMI Concederá Linha de Crédito para Moçambique

    Após o ciclone Idai ter assolado o país africano como o pior ciclone em décadas e atingir ventos de até 170 km/h, o FMI concederá linha de crédito de US$ 118,2 milhões para ajudar o país a se reestabelecer. O infortúnio devastou vilas inteiras e matou centenas de pessoas.

    Além da destruição, o país ainda enfrenta uma epidemia de cólera, após ficar com as reservas de água desabastecidas. Esta doença é endêmica no país, que sofre surtos regulares ao longo dos últimos cinco anos. Cerca de duas mil pessoas foram infectadas em 2018, segundo a OMS.

    O FMI, por sua vez, se propôs a auxiliar o país com a linha de crédito citada, visando cobrir as necessidades de reconstrução do país após o ciclone, uma vez que esse causou grandes perdas de vida e de infraestrutura em Moçambique.

Veja mais:

Humorista de 41 anos é eleito presidente na Ucrânia



Graduado em Administração na UFRRJ, Apaixonado por Futebol, Flamenguista por Opção, Geek por Natureza, Carioca de Nascimento, Amante de Livros, Cinéfilo, Curte Contar/Apreciar Boas Histórias e Experiências de Vida, Autor do livro "Veredas da Vida: Poéticos Conselhos" (Chiado Books), Sempre em Busca de Novos Objetivos.

Diga-nos o que achou do post: