Falece Reyes que, após títulos diversos, defendia clube da segunda divisão espanhola

    O atleta, com passagens por grandes clubes europeus, atuava pelo espanhol Extremadura;

    Nascido em Utrera, em 1º de setembro de 1983, o meio-campista espanhol José Antonio Reyes exibia seu talento pela equipe do Extremadura, na segunda divisão do Campeonato Espanhol.

    Todavia, Reyes já teve passagens de destaque por outros clubes europeus outrora. Iniciou sua carreira no espanhol Sevilla em 2000 e anotou 24 gols pela equipe em 4 anos, além do título da Segunda Divisão Espanhola, antes de se transferir para os ingleses do Arsenal.

    Chegando à Inglaterra em 2004, ele anotou 23 tentos pelos Gunners e participou dos títulos da Premier League (2003-2004), Supercopa da Inglaterra (2004) e Copa da Inglaterra (2004-2005). Em 2006, foi emprestado ao espanhol Real Madrid e foi herói da partida do título dos merengues na temporada 2006-2007, ao marcar 2 gols no jogo contra o Mallorca e sacramentar o placar de virada de 3×1 a favor de sua equipe.

    Após esse episódio, atuou pelos portugueses do Benfica e marcou 6 gols pela equipe, além de conquistar a Taça da Liga na temporada 2008-2009. Atuou ainda pelo Atlético de Madrid e anotou 14 gols em sua passagem, conquistando os títulos da Liga Europa (2009-2010) e Supercopa da Europa (2010).

    Em seu retorno aos espanhóis do Sevilla, em 2012, anotou mais 15 tentos e participou do tricampeonato consecutivo da Liga Europa (triênio de 2013-2014 a 2015-2016) sob o comando do técnico Unai Emery.

    Esteve ainda nos espanhóis Espanyol e Córdoba, além do chinês Xinjiang Tianshan Leopard, antes de defender as cores do Extremadura. Dotado de sua experiência pela Seleção Espanhola, esta o credenciou a ajudar os jogadores da sua equipe na disputa da Segundona Espanhola. Pela Fúria, o atleta possui quatro gols marcados em 21 partidas.

Após acidente de carro, José Antonio Reyes morreu, juntamente com seu primo, quando seu carro saiu da pista, a mais de 200 km/h, e pegou fogo, em rodovia entre Sevilla e Utrera. Deixou uma linda trajetória na história do futebol europeu.

Veja mais:

Casillas sofre infarto durante treino e preocupa torcedores do Porto

Unai Emery, o “Papa Copas”

Meia espanhol Xavi se aposenta

 



Graduado em Administração na UFRRJ, Apaixonado por Futebol, Flamenguista por Opção, Geek por Natureza, Carioca de Nascimento, Amante de Livros, Cinéfilo, Curte Contar/Apreciar Boas Histórias e Experiências de Vida, Autor do livro "Veredas da Vida: Poéticos Conselhos" (Chiado Books), Sempre em Busca de Novos Objetivos.

Diga-nos o que achou do post: