É fácil fazer a cidadania italiana? Veja dicas

Caso esteja pensando em fazer sua cidadania italiana em SP ou em outro estado do Brasil, pode ser que esteja se perguntando se esse é um processo fácil. 

 

A primeira coisa que você precisa saber é que a obtenção da cidadania italiana é um processo que leva tempo. 

 

Quem tem direito a obter a cidadania italiana pode se sentir grato pelo fato de que adquiri-la é muito “fácil” em comparação a qualquer outro lugar da Europa – especialmente se você tiver laços de ascendência comprovados com o país.

 

A Itália opera em um princípio chamado Jure Sanguinis, que simplifica as leis que cercam a cidadania patrimonial. 

 

Para que compreenda melhor, Jure Sanguinis se traduz como “por direito de sangue”, o que explica por que a Itália é tão rápida em reconhecer indivíduos com herança italiana. 

 

Em outras palavras, mesmo descendentes distantes podem obter dupla cidadania na Itália, desde que apresentem documentação suficiente para isso. 

 

Com isso em mente, continue a leitura e confira algumas dicas importantes para obter a dupla cidadania italiana! 

 

Dicas para obter dupla cidadania italiana

Aqui está uma lista com as principais questões que você deve ter atenção para solicitar sua dupla cidadania italiana. 

 

​​1. Identifique seu vínculo ancestral mais recente com a Itália

Você precisará identificar seu antepassado mais recente para ter nascido na Itália e trabalhar de trás para frente a partir daí. 

 

Pergunte a qualquer membro da família experiente sobre a história de sua família e determine qual antepassado é seu vínculo mais recente com a Itália. 

 

Devido a certas leis relacionadas à cidadania patrimonial, é melhor começar com um parente do sexo masculino, pois as mulheres antes de 1948 não tinham permissão para transmitir a cidadania italiana. 

 

Quanto ao que você pode precisar saber: O que você sabe sobre essa pessoa? Onde a pessoa nasceu e você pode descobrir o nome de seus pais?

 

2. Procurando Registros de Naturalização

Você pode usar uma pesquisa de nome e data de nascimento para o registro de naturalização de seus ancestrais. 

 

No entanto, a data real dessa naturalização é ainda mais importante, pois você pode se qualificar para a cidadania italiana se seu antepassado mais recente foi naturalizado após o nascimento de seu filho. 

 

3. Recuperando documentos e entrando em contato com o consulado local

Se seu antepassado mais recente foi casado na Itália, a certidão de casamento pode ser muito influente para obter a cidadania na Itália. 

 

Dito isto, a certidão de nascimento desse antepassado é mais importante e você pode precisar recuperar o documento do cônjuge desse mesmo antepassado.

 

Como as regras são ligeiramente diferentes para cada circunstância, é melhor entrar em contato com o consulado local e verificar quais documentos você precisará apresentar. 

 

4. Apostilando seus documentos para a Itália

Você precisará comprovar que seus documentos são legítimos antes de enviá-los para a Itália.

 

Seu consulado local deve ser capaz de confirmar quais documentos precisam ser apostilados.

 

5. Traduza seus documentos de português para italiano

Você também precisará saber quais documentos precisam ser traduzidos para uso na Itália. Caso você esteja se perguntando, isso não é algo que você pode fazer no Google tradutor. Portanto, um profissional será necessário para garantir que a tradução será feita com atenção aos mínimos detalhes. 

 

Por outro lado, se você fala italiano fluentemente ou conhece alguém que fala, isso pode ajudar.

 

Moral da história: uma tradução impecável é extremamente importante para sua solicitação e qualquer coisa menos provavelmente resultará em longos atrasos, no mínimo.

 

6. Leve sua solicitação ao consulado italiano local

Você deve sempre visitar o consulado em sua jurisdição local. Quando o consular tiver tempo para revisar seus documentos e solicitação, você receberá feedback ou confirmação de uma solicitação bem-sucedida. 

 

Ou seja, você pode não ter enviado a documentação correta ou informações suficientes e pode ser necessário revisar esta inscrição.

 

Se você tiver que obter e alterar determinados registros ou enviar esta solicitação para uma melhor tradução, todas as correções devem ser feitas antes de reenviar sua solicitação para revisão no consulado.

 

7. Solicite seu passaporte italiano

Quando a sua solicitação for aprovada, você será elegível para solicitar um passaporte italiano e pode marcar uma consulta para enviar o pedido.

 

Quando estiver com o seu passaporte, poderá usufruir de todos os benefícios de ter dupla cidadania italiana

 

Pensamentos finais

O processo para solicitação de dupla cidadania italiana é bastante simples, porém, exige muita atenção e paciência. 

 

De fato, embora existam certas limitações, este é amplamente conhecido como o país mais fácil da Europa para obter a cidadania. 

 

No entanto, ainda existem requisitos específicos e, dependendo de suas circunstâncias, você pode ou não estar sujeito a outras regras e legislação. 

 

De qualquer forma, as dicas que citamos te ajudarão a traçar um plano para começar a obter a dupla cidadania na Itália.

 



Diga-nos o que achou do post: