DESCOMPLICA, LEVE A VIDA MENOS A SÉRIO

Desencana um pouco dos problemas, eles sempre vão existir, e quanto mais você mergulhar neles maiores eles ficam. Procure focar mais na solução deles. Faça uma faxina na sua mente e tire dela todo aquele lixo que não serve para nada, a não ser só para piorar as coisas, como os pensamentos limitantes, os pensamentos de derrota, a negatividade e a vitimização. Ninguém vive bem assim e isso não soluciona problema nenhum, torna-os monstros enormes dentro de sua cabeça.

A vida está aí para ser aproveitada, para ser vivida em sua plenitude e quando você leva tudo a ferro e fogo, pior para você, perde o melhor dela. Que tal tirar um tempo e limpar tudo o que não presta de sua cabeça, deixá-la mais leve e focada em solucionar o que deve ser solucionado e contornar o que não depende de você? Entenda que nem tudo pode ser solucionado por você, mas que, sim você pode contornar a situação e continuar a vida sem maiores prejuízos, afinal vivemos em um mundo onde há quase oito bilhões de pessoas e com certeza não vamos resolver o problema de todos, infelizmente. Mas podemos resolver os que estão ao nosso alcance, sem precisar nos martirizar por eles e nem perder nossas vidas olhando para eles.

Quem se preocupa demais com os problemas esquece que é preciso resolvê-los e não se martirizar por eles, pois mantém o foco na coisa errada. Sim, o problema existe, mas se você ficar apenas se consumindo por causa de sua existência, ele pode parecer maior do que é e te sufocar. Cada problema tem o seu tamanho e teve uma causa de existir, então, primeiro é importante você encontrar essa causa, a raiz de todo mal e a partir daí começar a resolver de forma que não volte mais, mas cuidado para não ficar olhando demais para essa raiz! Encontrou o erro, procure logo uma forma de solucionar, olhe para fora e busque meios de resolver de uma vez por todas.

Levar a vida de forma mais leve, não quer dizer se alienar, sair da cidade  e ir morar no campo, abandonando tudo, claro que não, mas é não permitir que as exigências da vida adulta te façam perder a cabeça, pois vivemos um tempo de muitas cobranças, exigências, algumas sem sentido, temos que ser melhores, mais produtivos, menos medrosos, espertos, ganhar dinheiro, ficar famoso e esquecemos que no meio desse turbilhão somos seres humanos e precisamos de folga de vez em quando, de pensar em nada vez ou outra e que a vida pode esperar um tempo para nossa recomposição mental, se ela não esperar, que isso não seja motivo de perder o sono, mas para alongar ele um pouquinho, só para constar aqui: ela não espera, tá?

Hoje tudo acontece muito rápido, o mundo está pequeno, notícias correm como fogo morro acima e há uma cobrança muito grande por nosso posicionamento em tudo quanto é assunto, mas não se posicionar também é um posicionamento, você não precisa ter opinião sobre tudo, a não ser sobre aquilo que domina, e nem se indispor com outras pessoas por uma coisa que cada um tem um posicionamento diferente, você pode muito bem guardar seus pensamentos para você e deixar que os outros morram se digladiando por suas convicções, tentando convencer sua audiência de que seu pensamento é melhor e mais inteligente, mas tem momentos que é mais inteligente se calar.

A vida não é tão complicada como nós a fazemos ser, descomplica as coisas, não leve as críticas para o lado pessoal, principalmente as do trabalho, considere alguns pontos em que sabe que precisa melhorar e faça melhor na próxima vez, nem tudo o que dizem de nós é verdade, basta que você saiba o que é real e o que não é e fazer os ajustes necessários no que dizem, isso se achar que deve fazer. Uma coisa é certa, não dá para tentar controlar o que pensam da gente, então, que pensem o que quiserem e o problema é delas, se preocupar com isso não te leva a nada, só a se colocar em posição de vítima até a uma depressão, não dê ouvidos e continue seguindo sua vida, é melhor para sua saúde física e mental.

Às vezes complicamos muito algumas coisas que poderiam ser resolvidas com um “sim” ou um “não”, mas ficamos inventando um monte desculpas para não dizer essas duas palavras, ou inventamos desculpas a fim de não magoar a outra pessoa. Essas palavras podem selar o fim de muitos problemas ou afastá-los de nós, mas temos medo de magoar a outra pessoa, ou de perder um amigo, uma coisa eu te digo, amigo de verdade vai aceitar a resposta que vier e entender porque você se recusou ou aceitou a proposta, quem se magoa é quem espera sempre levar a melhor sobre você, então essa pessoa não é um amigo, está apenas querendo tirar proveito de você. Para quê então complicar tudo se podemos simplificar muita coisa só com uma palavra tão pequena? Deixa de bobeira, pare de consumir por coisas pequenas, aliás, não vale a pena se consumir por nada, nem pelas coisas grandes, porque o que vale mesmo a pena é olhar as coisas com um olhar menos negativo, elimine a negatividade de sua vida, inclusive as pessoas negativas, dessas mantenha muita distância, porque elas só complicam o que não tem complicação nenhuma.

O fato de você não se levar tão a sério, e nem a vida, não quer dizer que você é uma pessoa em quem não se pode confiar, uma pessoa alienada, que não vai cumprir os compromissos assumidos, quer dizer apenas que levando uma vida mais leve você pode ter menos problemas de saúde como o estresse, pois ele é fruto de preocupações que não fazem o menor sentido na maioria das vezes, quando na verdade você deveria estar em busca de solucionar problemas reais, ao contrário de ficar inventando problemas para encobrir a sua falta de objetividade e seus medos. É você dar importância ao que é realmente importante e não deixar crescer pensamentos ruins dentro de você, que vão prejudicar só a sua vida e os seus relacionamentos. É você não se ver como uma pessoa que não pode errar e quando isso acontece, porque vai acontecer querendo ou não, ficar com vergonha, é saber perder, porque perder faz parte do jogo, mas também saber ganhar, porque ganhar também é parte do jogo e há vitórias e derrotas no decorrer da vida e nem uma nem outra determinam o que você é agora ou será no futuro, elas apenas ocorreram e cabe a você ter controle emocional para saber o que fazer em caso de um ou outro acontecer.

Pense mais em você e no que está fazendo, não se preocupe com o que pensam ou deixam de pensar sobre você, afinal quem sabe de você melhor do que ninguém é você e ninguém tem nada a ver com isso. Não deixe de fazer suas coisas com medo da reação das pessoas, acredite, sempre vão reagir mal a alguma coisa nova que você fizer, então dane-se, faça o que você quer fazer ou o que deve fazer e não o que querem que você faça, não leve sua vida tentando agradar a todo mundo, porque não dá, agrade só a você e quem se desagradar, que cuide da própria vida e te deixe em paz.



Formado em Letras e pós-graduado em Marketing, membro convidado da Academia de Letras da Manchester Mineira. Com formação em Coaching, atua como treinador de vendedores e Palestrante Motivacional. Poeta, contista, cronista e articulista. Três vezes finalista do prêmio Top Blog, na categoria Política e colaborador no jornal Tribuna de Minas. Participação no projeto "Poesia na Escola" como autor de destaque na edição de 2022, você pode baixar o e-book do projeto acessando o link: https://online.fliphtml5.com/dozlr/ajdc/ Autor de dois livros "Conselhos Diários. Você Não Tem Limites!" e "Você Pode Mudar!", onde fala sobre aspectos de carreira e liderança. Você pode comprar no site: https://bio.uiclap.com/celsociampi

Diga-nos o que achou do post: