Deic prende homem que usava aplicativos de relacionamentos para violentar e roubar vítimas

Detenção ocorreu na zona leste de São Paulo

A Polícia Civil, por meio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), prendeu um homem, de 41 anos, que usava aplicativos de relacionamentos para violentar e roubar vítimas. A detenção ocorreu na manhã desta quarta-feira (15), no Brás, na zona leste de São Paulo.
Os trabalhos policiais foram realizados por agentes da 3ª Delegacia da Divisão de Investigações Gerais (DIG). Após apurações, a equipe descobriu que o autor usava a ferramenta de encontros para escolher mulheres de idades a partir de 50 anos, assim como ocorreu no último crime cometido pelo homem.
Na segunda-feira (13), uma vítima, de 68 anos, encontrou o suspeito após trocar mensagens por meio do aplicativo e foi dopada, ficando por quase 20 horas desacordada. Ela foi encontrada com sinais de violência e teve objetos de valor, como o celular, roubados de dentro da sua residência, no Grajaú, na zona sul.
Em continuidade às investigações, os policiais civis descobriram que o autor iria comercializar o aparelho subtraído em uma estação da CPTM e foram ao local para monitorar, resultando na sua abordagem e prisão.
Na ação, o homem tentou apresentar documento de identificação falso, mas não conseguiu enganar os agentes. Com ele foi recuperado o celular da vítima e aprendido um remédio ansiolítico, utilizado para dopar pessoas. Também foram recolhidos outros objetos, como faca, corda e vaselina.
O preso foi levado à unidade especializada, onde foi autuado em flagrante por uso de documento falso e falsidade ideológica. Contra ele, já constavam dois mandados de prisão pelo mesmo tipo de crime.
Por: Nathalia Pagliarini – SSP-SP


Diga-nos o que achou do post: