Como tratar queda de cabelo?

A queda de cabelo deve ser vista com atenção. A condição pode ser resultado de uma situação passageira, como um momento de estresse, ou reflexo de alguma doença.

Logo, para saber o que tem causado a queda de cabelo e como tratar, é fundamental procurar por aconselhamento médico junto a um dermatologista.

Exames diagnósticos colaboram na correta identificação das causas da queda capilar, tornando a indicação do tratamento mais assertiva.

Veja a seguir as possíveis causas para queda de cabelo e como tratá-las.

O que causa a queda de cabelo?

Diversas situações colaboram diretamente para a queda de cabelo. As mais corriqueiras são:

  • Estresse;
  • Má alimentação;
  • Tabagismo;
  • Incorrera higienização dos fios;
  • Mantê-los preso o tempo todo;
  • Uso inadequado de produtos;
  • Secador e/ou chapinha;
  • Procedimentos químicos;
  • Pós-parto;
  • Entre outras.

Todas fazem com que a queda se acentue, ultrapassando o limite diário da queda tido como normal — 100 fios ao dia.

Além dos fatores relacionados acima, doenças no couro cabeludo também ajudam na queda de cabelo, sendo essas doenças: alopecia androgênica; alopecia areata,  eflúvio telógeno e o eflúvio anágeno.

Assim que identificada uma queda anormal dos fios, é importante o aconselhamento junto a um dermatologista, sendo ele o profissional de medicina que conseguirá avaliar o caso de forma individualizada e indicar o tratamento mais adequado.

Analisando a queda dos fios

A consulta com o dermatologista colabora no correto diagnóstico. Em consultório, além da análise clínica dos fios e do couro cabeludo, o profissional pode realizar o exame de tricoscopia.

Com ele, são analisados o couro cabeludo e a estrutura dos fios, dando uma percepção melhor da situação. O diagnóstico é complementado com a solicitação de um hemograma, para análise fisiológica do paciente.

Só com os resultados em mãos é que ocorre a indicação do tratamento para queda de cabelo. Sem todos esses cuidados, o diagnóstico pode ser incorreto e qualquer medida pode piorar o quadro de queda de cabelo.

Tratamentos para queda capilar

Com base na análise criteriosa do paciente, os tratamentos para queda de cabelo podem ser: indicação de medicamentos tópicos e/ou oral.

Entre os tratamentos tópicos está o uso de shampoos específicos de combate a queda, assim como a aplicação de tônicos capilares, sessões de LED e a mesoterapia capilar.

A mudança de alguns hábitos também faz parte do tratamento para queda de cabelo. O dermatologista explicará a forma correta de higienização dos fios, de aplicação de produtos, além de dar dicas de como manter os fios saudáveis.

Costuma ser solicitado a suspensão do uso de chapinhas e de tratamentos químicos enquanto a queda acentuada não sessar.

Já os medicamentos de uso oral são indicados quando a queda de cabelo é resultado de alguma disfunção hormonal, situação comum a homens e mulheres. Os pacientes com tendência genética a calvície, devem fazer acompanhamento periódico junto ao dermatologista.

Só assim será possível minimizar a queda de cabelo, tornando-se até possível retardar o surgimento da calvície.

Essas são apenas informações básicas acerca da queda de cabelo e seu tratamento. Caso esteja passando por essa situação, é primordial procurar ajuda médica para ter a correta indicação do que fazer.

 

 

 

Fonte: WSI



Diga-nos o que achou do post: