Como cuidar do seu cão no inverno: dicas essenciais

O inverno está chegando. Em algumas regiões do país, o clima é tão frio que acaba prejudicando o comportamento dos animais. O problema é ainda maior quando não sabemos como ajudar o nosso melhor amigo.

Pensando nisso, resolvemos listar diversas dicas para que você aprenda como cuidar do seu cão no inverno. Selecionamos as melhores orientações que podem ser aplicadas por qualquer pessoa.

Então, continue com a leitura e tire todas as suas dúvidas.

Conheça o seu cão

Existem algumas raças de cães que são protegidas com o pêlo grosso que os mantém aquecidos de forma natural, mesmo quando a temperatura está baixa. No entanto, outras raças necessitam utilizar uma roupinha ou casaco, especialmente quando saem de casa para fazer uma caminhada. Uma boa proteção é aquela que cobre do pescoço até a base da cauda, além da barriga.

Caminhe com o cachorro

O pai de PET deve observar o comportamento do seu filho durante o inverno. Se ele sentir frio, reserve um período do dia para caminhar com o animal no final da manhã ou no início da tarde. Geralmente, nesses períodos, as temperaturas estão mais altas. A luz do sol traz diversos benefícios para o bichinho, como o acréscimo de vitamina D.

Tenha cautela

Sabemos o quanto os bichos gostam de passear na rua, parques ou outros lugares próximos a sua casa. No entanto, durante o período do inverno, é importante ter muita cautela. Afinal, até os cachorros mais peludos podem sentir frio.

Você pode levar o seu cachorro para passear, fazer exercício e brincar, assim como ocorre em outras estações. Porém, quando a temperatura cair, volte com o seu melhor amigo para a casa.

Cuidado com a tosa

O cuidado com a tosa não pode ser ignorado na nossa lista. Durante os dias mais frios, deixe os pelos maiores. É dessa forma que o seu melhor amigo protege das baixas temperaturas de forma natural.

O mais indicado é solicitar ao Pet Shop a tosa higiênica. Trata-se de um procedimento que tem como objetivo cortar somente os pelos de locais como os vãos dos dedos e a face. Isso é importante para evitar o acúmulo de sujeira nessas regiões.

Mantenha a pele do cão protegida

Muita gente não sabe, mas o tempo seco e frio pode afetar a pele do seu animal de estimação. Para prevenir a pele seca e escamosa, adicione um suplemente de pele e pêlo à comida. No entanto, antes de escolher qualquer opção, procure uma farmácia de manipulação veterinária. Lá, você encontra os melhores produtos para o seu bichinho.

Hidrate o animal

A desidratação é uma consequência que pode afetar os cães não só no verão, mas também no inverno. Por isso, verifique se o PET está tomando água regularmente. Se ele tem o hábito de permanecer no quintal de sua residência, deixe uma tigela para que ele tenha acesso a esse recurso com mais facilidade.

Preste atenção nos pequenos detalhes

A próxima dica da nossa lista vale tanto para os dias mais frios do ano quanto para os períodos mais quentes. Quando deixamos o veículo ligado com o PET dentro, o cachorro pode correr sérios riscos de saúde. Para se ter uma ideia, ele pode ser envenenado por monóxido de carbono, caso o carro esteja estacionado em uma garagem.

Temos um cuidado especial com o nosso melhor amigo. Porém, a rotina agitada pode provocar esse tipo de comportamento. Uma dica interessante é levar o seu cãozinho somente para passeios que não são considerados urgentes. Dessa forma, você está com a mente tranquila e o coração desacelerado. A chance de esquecer o seu PET no carro é bem menor.

Após descobrir como cuidar do seu cão no inverno, siga-nos nas redes sociais e conheça outras dicas que impactam na saúde do seu melhor amigo.



Diga-nos o que achou do post: