logotipo

Como criar um logotipo de sucesso? Confira 5 passos fundamentais

Criar um bom logotipo é fundamental para qualquer marca que queira se destacar, mas muitos profissionais que trabalham com isso se perguntam o que fazer para que ele alcance êxito.

Pense nas marcas mais famosas do mundo. Sem dúvidas, ao se lembrar de seus nomes, também vem à sua memória os seus logotipos, que foram responsáveis por fazer com que elas chegassem onde estão agora.

Existe todo um processo criativo para fazer essa representação visual, no entanto, não existe uma fórmula mágica que garanta o sucesso desse projeto. Mas é perfeitamente possível seguir uma linha de raciocínio que traga ótimos resultados.

As empresas buscam se destacar em um mercado cada vez mais competitivo, mas se não tiverem uma marca que consiga se fixar na mente do cliente, dificilmente serão lembradas na hora da compra, mesmo que os produtos e serviços tenham excelente qualidade.

O logotipo está atrelado à identidade da marca, e por essa razão precisa ser bem trabalhado e levá-la ao ápice do sucesso.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar como criar um logotipo de sucesso, como criá-lo do zero e falar sobre a importância de registrá-lo. Confira!

Dicas para criar um logotipo de sucesso

Como falamos anteriormente, não existe uma receita pronta para garantir o sucesso do logotipo, mas algumas estratégias podem ajudar. São elas:

1.    Ter um bom briefing

Antes de mais nada, é necessário criar um briefing, reunindo o máximo de informações sobre o projeto, que são:

  • O que será criado;
  • Por que será criado;
  • Como será criado;
  • Onde será criado;
  • Quando será criado.

Para criar o logotipo que vai estar presente em todos os materiais da marca, como em uma caixa de papelão personalizada para presente, é necessário saber o que deve ser entregue ao cliente.

Às vezes ele quer apenas o logotipo, mas também pode precisar de uma identidade visual completa, itens impressos, dentre outros materiais.

Também procure compreender o objetivo da organização, ou seja, sua missão, a mensagem que quer transmitir para o público e seus principais produtos e serviços. Saber qual é o propósito vai nortear o projeto.

É necessário seguir as solicitações do cliente, portanto, procure saber se ele prefere algum estilo, se tem alguma inspiração ou se prefere usar determinada paleta de cores, pois isso aumenta as chances de agradá-lo.

Em seguida, identifique os canais que a marca será veiculada e o tipo de público que ela pretende impactar. Criar um logotipo para uma marca adulta é diferente de criar algo para uma empresa que vende produtos para crianças.

Por fim, determine um prazo de entrega, levando em conta que quanto menor ele for, maior precisa ser o custo, uma vez que será a prioridade na ordem de trabalho.

2.    Ser autêntico

Para criar um logotipo é necessário saber o que é tendência e o que é clichê, um ponto de vista que também é essencial na hora de criar embalagem personalizada.

A tendência forma um conjunto de características que estão em alta no momento, enquanto o clichê é algo que está saturado e que é muito comum.

O designer pode procurar tendências para logotipo, mas elas não podem limitar o processo criativo. Procure fugir de tudo o que é repetitivo e não caia na tentação de fazer algo clichê.

3.    Saber usar as cores

Todo bom designer sabe que as cores vão impactar a percepção visual e levam impressões diretamente para o sistema nervoso.

Em razão disso, elas são cruciais para o sucesso do logotipo, sendo necessário saber escolher uma paleta que converse bem, transmita a ideia desejada e agrade o público.

Mais do que entender as regras das cores, é necessário estudar seus aspectos psicológicos, de modo a criar um logotipo que, além de bonito, seja comercial e transmita uma mensagem.

4.    Escolher uma boa tipografia

A tipografia é outro elemento importante e não se trata apenas do formato das letras, mas do modo como ela estabelece a identidade da marca dentro do logo.

Por exemplo, ao empregar a tipografia certa em uma placa acm com letra caixa, é possível aflorar emoções e sensações.

Tal como cantos arredondados, letras modernas e serifas finas que transmitem pensamentos positivos, ao passo que misturar as fontes e traços grossos causam o sentido contrário.

A tipografia também deve ter a ver com a mensagem que se deseja transmitir com o logo, o que envolve um trabalho muito cuidadoso. Pense em marcas famosas e lembre-se do quanto a tipografia delas tem a ver com sua essência.

5.    Usar espaços negativos

Para que as estratégias da empresa, como adesivo personalizado automotivo, sejam realmente um sucesso e o logotipo seja mais autêntico, usar espaços negativos é uma boa ideia.

Eles trazem mais elementos, mas sem fazer com que a imagem fique muito carregada. Do mesmo modo, é uma forma de brincar com a interpretação e surpreender o público.

Saiba como elaborar um logotipo do zero

Se você está iniciando na área ou vai criar um logotipo do zero, existem algumas estratégias que podem ajudar. Dentre as que mais se destacam, estão:

Desenvolver a identidade da marca

A identidade da marca nada mais é do que um conjunto de elementos visuais que identificam a empresa e se comunicam com o público, como no caso do logotipo, cores, templates, entre outros.

É por meio da identidade visual que a empresa será percebida pelos consumidores, e para criá-la é essencial conhecer o próprio negócio.

Buscar inspirações

Para entender como o logotipo vai trabalhar, é fundamental fazer uma pesquisa e sempre que encontrar um logotipo que julgar interessante, procure identificar por que isso acontece.

Analise como é feita a comunicação visual para supermercado e de que modo o produto do cliente seria exposto neste estabelecimento.

Fazer rascunhos

Se você já tem uma ideia em mente, é interessante fazer alguns rascunhos para colocar o que está imaginando no papel.

É possível fazer isso manualmente, ou seja, pegar papel e caneta e começar a desenhar o logotipo.

Outra opção é usar uma ferramenta para criar logotipos na internet, pois ela pode apresentar algumas opções que podem ser customizadas até chegar àquilo que você deseja.

Realizar ajustes

É necessário fazer ajustes meticulosos para criar um logotipo de sucesso, afinal, dependendo de como ele for, é capaz de alterar a percepção em relação ao produto.

É necessário que exista um propósito por trás do design, ou seja, ele precisa refletir a essência da marca, sempre reforçando seus pontos positivos.

Ao fazer essa análise é que o designer percebe os ajustes que precisa fazer para chegar ao resultado almejado.

Pedir a opinião de outras pessoas

Estiver criando o logotipo de um fabricante de bobina de embalagem, lembre-se de que ele precisa impactar as pessoas do jeito certo, por isso, nada melhor do que pedir a opinião de terceiros.

Tenha em mente que criar um logotipo envolve um processo longo e cheio de erros, portanto, dificilmente ele vai funcionar na primeira tentativa.

Agora, se ficar muito difícil escolher entre modelos ruins e bons, então é melhor perguntar para outras pessoas, podendo ser qualquer um, tanto um colega de profissão quanto alguém da família.

O ideal é que essa pessoa tenha um perfil compatível com a persona do cliente. Ou seja, se você está criando um cartão de visita arquitetura, pode perguntar para alguém que está construindo um imóvel se ele gosta ou não do design.

A importância de registrar o logotipo

Antes de finalizar este conteúdo, é importante dizer que, depois de pronto, o designer deve registrar seu logotipo para assim garantir os direitos autorais de seu projeto.

Infelizmente, não são raros os casos de trabalhos plagiados que prejudicam profissionais criativos e que se esforçam para criar algo de sucesso.

Ao contrário do que muitos pensam, não são apenas os músicos, cineastas e escritores que devem registrar suas obras, mas também outros profissionais, como é o caso dos designers.

Lembre-se de que, ao elaborar o logotipo que será impresso em todos os materiais da marca, como uma embalagem kraft personalizada, seu trabalho gerou uma obra que não pode ser copiada por outras pessoas.

Registrar os logotipos criados por você é a melhor maneira de proteger seus direitos sobre aquilo que fez e garantir o recebimento de indenizações, caso sejam usados indevidamente por terceiros.

Considerações finais

O logotipo de uma empresa é o que faz com que os consumidores reconheçam a marca, seus produtos e serviços, e passem a dar preferência a ela na hora de comprar o que precisam.

Nenhuma marca famosa e conhecida abre mão de seu logo, afinal, é a face que ela apresenta no mercado em que atua e diante de seu público.

Contudo, para alcançar o sucesso, ele precisa ser criativo e bem trabalhado, e com as dicas que demos neste artigo, certamente vai ficar muito mais fácil criar uma representação visual perfeita.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.



Diga-nos o que achou do post: