Como crescer no ramo de supermercados?

Um gestor precisa aprender como crescer no ramo de supermercado. Afinal, esse parece ser um segmento “simples” de atuar vendo de fora, mas é altamente complexo quando analisado por completo. Isso faz, portanto, com que muita gente acabe iniciando nessa área, mas fechando as portas pouco tempo depois, por não saber como gerenciar um empreendimento complicado e com tantas variáveis como esse.

O setor de supermercados tem importância vital na vida do brasileiro. Tanto é assim, que foi um dos poucos segmentos da economia a registrar crescimento em 2020, mesmo com a presença da pandemia do novo coronavírus. Além disso, os supermercados passam por uma revolução silenciosa. Muita tecnologia vem sendo implementada no setor para tornar a experiência de compra radicalmente diferente do que era no passado.

E aí, quer aprender como se adaptar a esse novo cenário e como crescer no ramo de supermercado? Então veja as nossas dicas abaixo!

Como crescer no ramo de supermercado em 5 passos

1. Tenha os fornecedores certos

O ramo de supermercados é um segmento de grandes perdas financeiras e muitos custos operacionais. Além do desperdício de alimentos não vendidos, a empresa precisa lidar com todo o custo de salários e direitos trabalhistas de todos os profissionais, bem como gastos de energia bem elevados para dar conta de toda a operação.

Por isso, o crescimento do setor se dá ao saber como reduzir os custos de toda a operação. E isso inclui contar com os fornecedores certos, desde os que podem escalar o atendimento para você até aqueles que fazem um bom preço.

Por exemplo, a parte visual de um supermercado pode ser toda feita internamente com o apoio de fornecedores como a Visual Super. Usando esses produtos, é possível reduzir gastos na comunicação visual e tornar a operação mais enxuta.

2. Foque em personalização

Todo supermercado conta com praticamente os mesmos produtos. As marcas de arroz que você tem para vender, por exemplo, seu concorrente também as tem, e por aí vai.

Por isso, se você quer adicionar um elemento forte para atrair a clientela, precisa ter algo que seus concorrentes não têm. Sendo assim, é uma ótima ideia investir em personalização de produtos para que possa fidelizar os clientes.

O seu setor de padaria, por exemplo, faz os próprios bolos ou lanches, com receitas próprias e originais? Se não, está perdendo uma boa oportunidade de personalização. O mesmo vale para o setor de rotisseria, que pode fazer pratos prontos para vender, todos temperados de maneira única, com receitas do próprio supermercado.

Além de serem ações simples e de baixo custo (você já tem os produtos), ainda é possível cobrar a mais pela personalização e aumentar a sua margem de lucro.

3. Tenha diferentes fontes de renda

Um supermercado tem como principal fonte de renda a venda de seus produtos, claro. No entanto, é importante investir para ter também outras boas opções de fontes de renda, de maneira a manter uma vida financeira mais estável.

Existem várias formas de ampliar as fontes de renda de um supermercado, de modo a garantir maior estabilidade, mesmo em momentos de crise. Uma delas é trabalhar com delivery ou a possibilidade de retirada das compras feitas online. Isso ajuda a aumentar o fluxo de vendas, enquanto cria diferentes opções para o consumidor.

Também é possível promover cursos específicos com os seus produtos, como um curso de limpeza da casa, curso para fazer pães, curso de preparação de bolos e por aí vai. Essas estratégias também ajudam a manter diferentes fontes de renda para o estabelecimento.

4. Use uma abordagem de dados na gestão

Hoje em dia, grandes empresas de tecnologia usam uma abordagem de dados na sua gestão de negócios. Isso é algo que supermercados também podem fazer. É importante analisar informações de todos os tipos para poder traçar estratégias úteis. Qual a sazonalidade de compras durante o mês, por exemplo? Em quais períodos as pessoas compram mais ou menos? Como agir nesses períodos? E como organizar o mercado para estimular mais vendas?

É importante coletar dados de todos os tipos dentro do supermercado e usá-los para traçar estratégias de negócio para a empresa.

5. Invista em tecnologia

Por fim, lembre-se de investir em tecnologia para reduzir custos e otimizar o trabalho feito pelo mercado. Isso inclui ter postos de autoatendimento e outras opções de automatização pelo estabelecimento.

Agora que você conhece essas 5 dicas de como crescer no ramo de supermercado, seu próximo passo deve ser investir na realização dessas estratégias para poder ver o seu mercado prosperar e crescer. Lembre-se de sempre ter uma abordagem orientada por dados, criar estruturas de renda diversas e estáveis, garantir a fidelização do público, ter baixos custos de produção e investir  em tecnologia para otimizar cada setor. Isso permitirá criar um mercado ágil, de qualidade e com crescimento estável.

E aí, gostou do conteúdo? Então comente abaixo com a sua opinião sobre o assunto!



Diga-nos o que achou do post: