Com nova virada, Brasil vence México na final da Copa do Mundo sub-17 e conquista o tetra

    Após virada heroica na semifinal contra a França, Brasil consegue virar mais um revés com gol de Lázaro;

    A data de 17/11/2019 reservava mais um momento de glória para o futebol brasileiro. A cidade de Brasília, no estádio Bezerrão, receberia as equipes do Brasil e do México, que duelariam para tentar mais um título mundial.

    O Brasil vinha a campo tentando o tetracampeonato e no esquema 4-3-3, composto pela trinca ofensiva de Peglow (Internacional), Gabriel Veron (Palmeiras) e Kaio Jorge (Santos). Os mexicanos vinham a campo, depositando suas esperanças no centroavante Robles e na formação 4-2-3-1, buscando o tricampeonato mundial da categoria.

    Os comandados de Dalla Déa vinham de virada sensacional contra os franceses na semifinal. Após tomar dois gols no primeiro tempo, conseguiram buscar a virada na segunda etapa com gols de Kaio Jorge, Gabriel Veron e Lázaro.

    O primeiro tempo da final foi equilibrado com chances para ambas as equipes. Mas o placar só seria movimentado aos 21 minutos, após o volante Pizzuto (Pachuca) cruzar a bola na cabeça do meia-atacante Bryan González (Pachuca). Ele cabecearia para baixo no canto direito do goleiro Donnelli, que não alcançaria a bola. Estava, assim, aberto o placar para o México, quase na metade da segunda etapa.

    Aos 39 minutos do segundo tempo, o árbitro assinalaria pênalti para o Brasil depois da falta sofrida por Gabriel Veron (Palmeiras) frente ao zagueiro mexicano Gomez. O centroavante brasileiro Kaio Jorge (Santos) bateria no canto direito do goleiro García, que acertou o canto sem alcançar o arremate, e empataria a partida para o Brasil.

    Até que, aos 48 minutos da segunda etapa, o atacante Lázaro (Flamengo) receberia o cruzamento do lateral-direito Yan (Coritiba) e arremataria de primeira no canto esquerdo do goleiro mexicano, que nada pôde fazer. Esse era mais um gol decisivo do atacante brasileiro que decidiu tanto a semifinal quanto a final.

    Desta maneira, o Brasil conseguiria o tetracampeonato da modalidade com 100% de aproveitamento e com viradas épicas tanto na semifinal quanto na final. Esse será um momento que ficará guardado na memória de Dalla Déa e seus comandados e dos brasileiros com mais esse título para o futebol tupiniquim.

Veja mais:

Flamengo conquista Campeonato Brasileiro Sub-17

Brasil consegue a vitória contra o Peru e fatura título da Copa América

 



Graduado em Administração na UFRRJ, Apaixonado por Futebol, Flamenguista por Opção, Geek por Natureza, Carioca de Nascimento, Amante de Livros, Cinéfilo, Curte Contar/Apreciar Boas Histórias e Experiências de Vida, Autor do livro "Veredas da Vida: Poéticos Conselhos" (Chiado Books), Sempre em Busca de Novos Objetivos.

Diga-nos o que achou do post: