Brasileiras garantem vaga nas Olímpiadas após tie-break

    Em duelo equilibrado, vôlei feminino brasileiro derrota as dominicanas;

    A Arena Sabiázinho, em Minas Gerais, receberia a partida entre as seleções que ainda estavam invictas na disputa por uma vaga nas Olímpiadas 2020. O Brasil havia derrotado Camarões (3 sets a 0) e Azerbaijão (3 sets a 2), antes de medir forças contra a República Dominicana – que havia derrotado ambos adversários por 3 sets a 0.

    Após abrir 2 sets a 0, com destaque para Lorenne e Tandara, o rendimento das comandadas de José Roberto Guimarães caiu vertiginosamente. Com erros não forçados e bloqueios parcos, as brasileiras fizeram as dominicanas reagirem e empatarem o jogo em 2×2, levando a decisão para o tie-break.

    Mas a sorte sorriu para as brasileiras, que fecharam o jogo por 3 sets a 2 (parciais de 25/22, 25/19, 23/25, 18/25 e 15/10), com atuação destacada de Tandara. Com este resultado, a Seleção Brasileira tem sua vaga garantida em Tóquio, em 2020, graças à liderança obtida no grupo D, após sair vencedora desse jogo.

    O Brasil buscará o tricampeonato olímpico ano que vem e não se ausenta de uma edição de Jogos Olímpicos desde Moscou (1980), quando disputou pela primeira vez nessa modalidade.

Veja mais:

Atletas pedem dispensa da Seleção Feminina de Vôlei

Minas Campeã da Superliga Feminina

 



Graduado em Administração na UFRRJ, Apaixonado por Futebol, Flamenguista por Opção, Geek por Natureza, Carioca de Nascimento, Amante de Livros, Cinéfilo, Curte Contar/Apreciar Boas Histórias e Experiências de Vida, Autor do livro "Veredas da Vida: Poéticos Conselhos" (Chiado Books), Sempre em Busca de Novos Objetivos.

Diga-nos o que achou do post: