Brasil sucumbe à jovem Polônia

    Em duelo válido pela disputa da medalha de bronze, brasileiros não resistem aos poloneses;

     Após serem derrotados para os norte-americanos na semifinal, os brasileiros não conseguiram serem páreos para a seleção polonesa. Em parciais de 25/17, 25/23 e 25/21 para os poloneses, os brasileiros ficaram com o 4º lugar na Liga das Nações (igualando o resultado da última edição).

     Tendo Bartosz Bednorz com 21 pontos na partida, além de Lukasz Kaczmarek com 10 pontos, a seleção polonesa conseguiu abrir vantagem no jogo. A Seleção Brasileira teve nos ataques do oposto Alan suas melhores opções ofensivas na partida.

     A final foi vencida pela Rússia, com parciais de 25/23, 20/25, 25/21 e 25/20, frente aos EUA e gerou o bicampeonato da seleção russa na competição mundial.

     O Brasil disputará agora o Pré-Olímpico, na Bulgária, que começa dia 9 de agosto. A Seleção se encontra no grupo A, ao lado de Bulgária, Egito e Porto Rico. Os vencedores de cada grupo estarão ao lado do anfitrião Japão para disputar os Jogos Olímpicos 2020 (Tóquio). Concomitante a esta disputa, uma seleção mesclada competirá nos Jogos Pan-Americanos, tendo o assistente Marcelo Fronckowiak à frente de pilares como Éder e Lucas Lóh.

Veja mais:

Em estreia do primeiro estrangeiro na Seleção Brasileira, Brasil bate a Austrália

Taubaté derrota o Sesi-SP e fatura a Superliga Masculina

Brasil conquista a prata após sofrer a virada

 



Graduado em Administração na UFRRJ, Apaixonado por Futebol, Flamenguista por Opção, Geek por Natureza, Carioca de Nascimento, Amante de Livros, Cinéfilo, Curte Contar/Apreciar Boas Histórias e Experiências de Vida, Autor do livro "Veredas da Vida: Poéticos Conselhos" (Chiado Books), Sempre em Busca de Novos Objetivos.

Diga-nos o que achou do post: