Atuando em Brasília, Flamengo goleia Vasco e assume vice-liderança no Campeonato Brasileiro

    Rubro-negro carioca goleia e Diego Alves defende duas penalidades máximas;

    Na noite de 17/08/2019, jogando no estádio Mané Garrincha (Brasília-DF), o Flamengo mediria forças contra o Vasco no clássico carioca pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O rubro-negro carioca tentava seguir na luta pela liderança da competição, já o cruz-maltino tentava se manter longe da zona de rebaixamento.

    Os mandantes da partida atuariam no 4-3-3 tendo uma trinca de volantes no meio-campo e três jogadores rápidos e habilidosos na frente (Marquinho, pela esquerda; Yago Pikachu, pela direita; a jovem promessa Talles Magno como referência no ataque) e estavam desfalcados do meia Marcos Júnior e do atacante Marrony. O Flamengo estava desfalcado do lateral-direito Rafinha (suspenso pelo terceiro cartão amarelo), além dos lesionados Diego Ribas (meia), Rodrigo Caio (zagueiro), Vitinho (atacante) e Lincoln (atacante).

    O placar seria aberto aos 42 minutos da primeira etapa, após passe do meia uruguaio De Arrascaeta, o atacante Bruno Henrique (recém convocado pela primeira vez para defender a Seleção Brasileira nos amistosos contra Colômbia e Peru) acharia espaço entre 3 jogadores do Vasco para arrematar de fora da área sem chances para o goleiro Fernando Miguel. Este era o 7º gol do atacante no Brasileirão, 16º tento pelo Flamengo, 8º em clássicos cariocas e 3º contra o Vasco.

    A vantagem rubro-negra aumentaria aos 6 minutos do segundo tempo, quando o volante colombiano Cuéllar daria passe pelo alto para Bruno Henrique. O atacante tocaria por cima do goleiro vascaíno e Gabigol dividiria com a marcação para colocar a bola no fundo das redes. Este era o 10º gol do atacante no campeonato nacional.

    Aos 12 minutos do segundo tempo, o atacante vascaíno Tiago Reis (que tinha entrado a pouco tempo em campo, substituindo Marquinho) faria jogada pela ponta direita e a bola bateria na mão do zagueiro Thuler. Após consulta ao VAR, o árbitro Vuaden marcaria pênalti para o Vasco. O ponta direito Yago Pikachu iria para a cobrança, batendo no canto esquerdo e o goleiro rubro-negro Diego Alves defenderia a cobrança da penalidade máxima. Mas o próprio Pikachu bateria o escanteio, do pênalti perdido, na cabeça do zagueiro (e capitão) Leandro Castán, que descontaria aos 13 minutos para o Vasco, nesse que era seu segundo gol pelo Brasileirão 2019.

    Entretanto, aos 17 minutos, o meio-campo Gerson faria bela jogada individual pela direita e cruzaria na cabeça de Bruno Henrique. Ele cabecearia no canto esquerdo do goleiro Fernando Miguel, que espalmaria a bola e, no rebote, Gabigol faria seu segundo gol na partida e 11º no Campeonato Brasileiro, sendo o artilheiro isolado da competição nacional.

    Aos 35 minutos da segunda etapa, o meia uruguaio De Arrascaeta agarraria o zagueiro Leandro Castán na área. Após consulta ao VAR, novo pênalti marcado para a equipe cruz-maltina. Dessa vez, o meia Bruno César pegaria a bola e preteriria Yago Pikachu da cobrança. O meia, que substituiu o lateral-direito Cáceres, bateu no meio do gol e o goleiro Diego Alves mais uma vez se sobressaiu e defendeu o arremate. Este feito de Diego Alves, evitar duas penalidades máximas no mesmo jogo, só ocorreu anteriormente quando ele ainda atuava pelo Valencia, em duelo contra o Atlético de Madrid (em 2016, defendeu as cobranças de Griezmann e Gabi).

    E, aos 38 minutos da segunda etapa, ainda haveria tempo para mais: após jogada do meia De Arrascaeta pela esquerda, o zagueiro colombiano Henriquez agarrou e derrubou o atacante Bruno Henrique dentro da área, pênalti assinalado para o Flamengo. O uruguaio De Arrascaeta bateu no canto esquerdo do goleiro Fernando Miguel, que pulou no outro canto e nem saiu na foto. Esse era o 6º gol dele no campeonato nacional, decretando a goleada por 4×1 a favor do rubro-negro carioca.

    Dessa maneira, o Flamengo alcançou a vice-liderança do Campeonato Brasileiro 2019 e aplicou uma vitória no clássico estadual por mais de 3 gols – feito este que não ocorria desde 2007, quando foi derrotado por 3×0 pelo próprio Vasco, na época. A equipe cruz-maltina enfrenta o São Paulo, em casa, pela próxima rodada do campeonato nacional, na data de 25/08/2019. Já o Flamengo mede forças contra o Internacional, na data de 21/08/2019, pelas quartas-de-final da Libertadores e o Ceará, na data de 25/08/2019, pela próxima rodada do Brasileirão 2019.

Veja mais:

Flamengo consegue se impor em casa e vence por 3×1 a equipe do Grêmio

Flamengo devolve placar de jogo de ida e elimina Emelec nos pênaltis na Libertadores;

Flamengo faz 6×1 no San José-BOL e encaminha classificação na Libertadores

 



Graduado em Administração na UFRRJ, Apaixonado por Futebol, Flamenguista por Opção, Geek por Natureza, Carioca de Nascimento, Amante de Livros, Cinéfilo, Curte Contar/Apreciar Boas Histórias e Experiências de Vida, Autor do livro "Veredas da Vida: Poéticos Conselhos" (Chiado Books), Sempre em Busca de Novos Objetivos.

Diga-nos o que achou do post: