Ato Solene

Ato solene

Quero teus lábios próximos aos meus

Como o sabiá buscando frutos para se saciar

Enquanto vou, por tua boca, me alimentando.

Teus lábios tão macios e suculentos…

Repleto de surpresas e delicadezas

Fonte de onde flui um néctar de suave doçura.

Teus beijos molhados e tão envolventes

Aquecendo o vulcão ativo e fervente

Felicidade sem limites nos arrebatando.

Candura sem igual

Irradia do teu rosto angelical

Do amor, que preferimos esconder.

Sou amante desses lábios!

O beija flor da tua alma!

Da tua santa boca que se insinua…

Meigos são os teus beijos

Sussurrando, entre os dentes

Palavras de amor tão envolventes.



Carlos de Campos nasceu em 1980 em Biritiba Mirim, São Paulo. Apaixonado por Poetrix. Em 2017, começou a escrever seus versos nas redes sociais, expressando-se de maneira profunda, em reflexões e observações sobre a condição humana, entre outras; analisando sua organização, atuação e intempéries emocionais, de forma leve, porém, concisa e incisiva. Não se deixando condicionar por padrões, investigando, atentamente, os recônditos mais conflitantes da existência e expressando-o, poeticamente, através do seu minucioso olhar. Autor do Livro Enquanto a solidão me abraça https://caravanagrupoeditorial.com.br/

Diga-nos o que achou do post: