Aqui se faz, aqui se paga

Aqui se faz, aqui se paga

Nos últimos anos estamos presenciando vários eventos estranhos, tsunamis, terremotos, enchentes, furacões, queimadas, vírus entre outros. Uma boa parcela da população mundial acredita que chegou o tão famigerado apocalipse, outro grupo acredita serem eventos naturais que estão ocorrendo de forma ocasional, eu acredito que todos esses eventos, incluindo a pandemia, estão relacionados com as nossas próprias ações do passado, é a terceira lei de Newton, toda ação gera uma reação, ou melhor, aqui se faz, aqui se paga. É curioso ouvir pessoas mais velhas como eu, das décadas de 40 a 90, comentarem a respeito de valores, como se antigamente não acontecesse nada, como se a vida fosse mais tranquila e houvesse mais respeito e dignidade humana. É fato e a ciência já comprovou, que todos esses eventos naturais catastróficos que estão ocorrendo em nosso planeta, são oriundos da irresponsabilidade, hostilidade e indiferença das pessoas que viveram em épocas passadas.  Certa vez fizeram a seguinte pergunta a Dalai Lama: o que mais te surpreende na humanidade?  Ele virou pacientemente para a pessoa e respondeu: o homem me surpreende! O homem é o único ser que gasta metade de sua vida perdendo a saúde para juntar dinheiro, e depois vive a outra metade da vida gastando todo dinheiro que conquistou para recuperar a saúde perdida, e ainda completou: pelo fato do homem focar toda a ansiedade no futuro, esquece de viver o presente e acaba se perdendo em sua existência, vive como se nunca fosse morrer, e morre como se nunca tivesse vivido. Não há nada de errado com a juventude de hoje, tudo o que vivemos atualmente é simplesmente um reflexo do nosso passado, as catástrofes naturais são respostas do nosso planeta que já não aguenta mais tanta devastação por tantos anos consecutivos, é a famosa lei de ação e reação. Estudos recentes mostram que tudo o que vem ocorrendo no mundo nos últimos anos, têm sua causa devido à destruição da camada de ozônio da terra, que começou a ser dizimada justamente em épocas passadas, e que somente agora está mostrando o resultado negativo. É óbvio que a população mais jovem tem sua parcela de responsabilidade, afinal ela será responsável em corrigir os erros cometidos antigamente, muitos deles irreversíveis, onde se julgava que o mundo era melhor. A única lição que realmente deve ser aprendida e que não podemos mais fugir, é que toda ação gera uma reação, positiva ou negativa, e que tudo o que fazemos de bom ou de ruim nos é devolvido na mesma proporção.

Lembranças, críticas e reflexões por Flávio L. Barbosa

 

 



Nascido em São Paulo – Capital, atualmente com 56 anos de idade, o autor é psicólogo clínico, tem especialização em tradução e interpretação da língua inglesa e também é formado em letras. Trabalhou durante anos como professor universitário e no momento atua como escritor. Começou sua carreira escrevendo livros técnicos científicos, mas atualmente se dedica a escrever contos voltados ao terror psicológico. Através de uma escrita irreverente e crítica, gosta de escrever a respeito de temas como; alienação, pensamento crítico e sociedade.

Diga-nos o que achou do post: