AO MUNDO ME DOU POR PASSAGEM

“A passagem pelo mundo é bem rápida e não temos condições de evitar o fim, portanto, somos marcas deixadas”… Filósofo Nilo Deyson

  1. Temos o direito óbvio de escolher a vida que desejamos levar, neste sentido, temos muitos objetivos dentro do que escolhemos.
  2. Ao mundo eu dou o direito de me assistir, não de me dominar. Sou uma passagem, serei em breve, apenas marcas. Nada em absoluto é um fim, tudo se move ao passo que o tempo avançar.
  3. Serei em meus dias, no tempo em que vivi, uma incógnita, um ser sem impedimentos, livre, uma coisa passageira.  Como ser humano, serei humanista, como espírito serei filósofo e como sensibilidade serei poeta. Sou o que quiserem, dependendo de com quem querem falar em mim.
  4. A vida só se justifica se for repleta de heroísmos, e desejo que escolha a vida que amas. Elege para si aquilo que amas fazer, deixe que ela te mate, viva por ela e por ela morra.
  5. Não podemos esperar do tempo nada que o tempo dentro da justiça nos imponha, pois não subestime o tempo, ele dá o fruto do plantio. Nada de esperar de DEUS coisa alguma. Seja protagonista e tome as rédeas da sua própria existência.
  6. Para finalizar, morrer sem legado é ter vivido como morto. Lembre-se, somos marcas, nada com o tempo vai permanecer!  Talvez um ou outro legado por umas léguas de anos e depois tudo desaparece.  ( Nilo Deyson Monteiro)

 



FILÓSOFO, ESCRITOR, POETA, COLUNISTA & PALESTRANTE. Fundador da Filosofia da imparcialidade participativa. Autor do livro de Filosofia Todos os Corações do mundo, e do Livro O Teatro da vida e a interpretação das coisas, quem nos garante ser verdade das coisas. Membro de diversas instituições culturais como por exemplo, é imortal acadêmico da Academia de Letras do Brasil seccional Campos dos Goytacazes, é imortal Acadêmico da Academia Pedralva Letras e Artes, ocupante da cadeira n°17 , Fundador do NAISLA, Núcleo Acadêmico Italiano di Scienze, Littere e Arti. Membro de diversas instituições. Nilo Deyson Monteiro participou de diversas antologias, periódicos e muitos de seus trabalhos acadêmicos estão no Google ao pesquisar Filósofo Nilo Deyson.

Diga-nos o que achou do post: