A VAIDADE NO TRABALHO SÓ ATRAPALHA

Tem gente que se acha, só porque tem um cargo de chefia já acredita ser o melhor e desfaz dos colegas de trabalho, o nome disso é vaidade e ela é prejudicial ao extremo, pois o vaidoso acredita que nada nem ninguém vai derrubá-lo de seu pedestal, total engano, alimentado pela arrogância.

Na verdade, a vaidade te afasta dos colegas de trabalho e te deixa em uma posição delicada diante dos seus liderados, ninguém gosta de quem fica se gabando de suas qualidades, isso esconde muitos defeitos, essa é a real. O vaidoso torna-se arrogante e se coloca acima de tudo como um Deus, o que não é, não aceita conselhos de pessoas mais experientes, pois acha que já são ultrapassadas, e nem pede nenhuma opinião sobre seu trabalho, acredita estar sempre certo e impõe sua vontade e seu jeito de trabalhar para sua equipe, torna-se um pequeno tirano dentro da empresa, sendo que a tirania é a marca dos incompetentes.

Se você está nessa de se achar muito eu te recomendo descer um pouco do seu pedestal e tratar os outros com mais humildade, pois o grupo pode te derrubar, entregando menos do que pode. No início você pode até fazer que acreditem que a incompetência é dos liderados e trocar toda sua equipe, mas será por pouco tempo, vai acontecer o mesmo com quantas equipes forem formadas por você, logo sua máscara cai e quem será trocado é você.

Arrogância não combina em nada com os tempos atuais em que vivemos, hoje em dia é fácil desmascarar alguém, uma vez que a arrogância pode esconder incompetência e incapacidade de gerir pessoas, então cuidado! Se você acabou de receber uma promoção e não se acha preparado para o cargo ou assumiu seu cargo e percebeu que terá dificuldades, é melhor pedir ajuda de quem tem um pouco mais de experiência do que subir no salto e chegar fazendo besteira. Na primeira opção, que é pedir ajuda, as pessoas vão te entender e contribuir para que você fique mais seguro e possa exercer bem sua nova função, até que possa caminhar sozinho, aconselhe-se com pessoas mais vividas na mesma função, mesmo que de outros departamentos, não se esqueça de lhes ser grato. Não há mal algum em dizer a verdade e pedir ajuda, se você foi promovido a líder pode acreditar que foi por mérito, então enfrente o desafio e aproveite para crescer como profissional. O problema está em você fingir que vai dar conta, acreditar nessa sua mentira e não render o esperado porque não buscou ajuda. Quando você decide subir no salto todos percebem sua insegurança ou incapacidade e começam a trabalhar para te derrubar, principalmente se veio de outro setor para assumir seu posto.

O que faz toda diferença é você se preparar antecipadamente, procurar se informar melhor sobre o setor que vai assumir e as pessoas que lá trabalham, assim você chega e tem poucas surpresas, se possível marque uma reunião com quem está deixando o cargo e peça sua ajuda para chegar menos perdido. Humildade é sempre importante nesse caso, contribui muito para que você atinja os resultados esperados assim como seus objetivos pessoais. A falta de informações prévias pode ser prejudicial a você, lembre-se que novos desafios exigem novas posturas e novos conhecimentos.

Existem empresas que constantemente deslocam líderes de uma área para outra a fim de testarem sua capacidade de adaptação e também para desenvolver suas habilidades profissionais. Entrega à pessoa um novo desafio e observa sua reação e capacidade de adaptação para alcançar as metas propostas. Portanto esteja sempre preparado, nunca deixe de aprender, entenda exatamente como a empresa oferece as oportunidades de crescimento aos funcionários, é bom estar por dentro para poder aproveitar essas oportunidades e se planejar para crescer na carreira com solidez e sem sustos.

O desenvolvimento de novas habilidades deveria ser prioridade desde a sua formação, lá na faculdade, fazer cursos de extensão, ler muito, principalmente os livros técnicos da área, estar constantemente em busca do conhecimento. Hoje em dia só o diploma já não conta muito para a contratação de um funcionário, além disso, é observado acima de tudo o que ele é capaz de realizar com que aprendeu no curso em que se formou, e se aprendeu mesmo no tempo em que esteve cursando a faculdade, então leve a sério sua formação profissional e terá uma boa bagagem para sua vida profissional, mesmo que esteja em busca do primeiro emprego.

A vaidade tem muito a ver com o que foi feito no passado do profissional. E o que já passou não interessa muito atualmente, esses resultados são apenas parâmetros e experiência adquirida, o que importa são os resultados futuros, as próximas metas a serem batidas, essas que vão fazer a diferença, não dá para ficar sentado no que já não existe mais, você está no agora e precisa olhar para frente. O próximo desafio é o mais importante. Resultados anteriores não rendem mais nada, então pare de ficar falando de suas realizações do passado e siga em direção de novas realizações, é o melhor caminho a tomar.

Hoje você tem que ser melhor do que ontem e amanhã melhor do que hoje, e assim será para sempre em sua carreira profissional, não queira fazer sempre tudo igual e não deixe que seja pior, o desafio é pesado, mas vale a pena. Deixe a vaidade de lado e viva intensamente os novos desafios, curta os desafios que virão e faça o melhor sempre.

Acontece de as pessoas acharem que devem ficar contando vantagem sobre o que fez de bom até ali, se enchem de orgulho por isso e acreditam que não precisam fazer mais nada. Erro, ter orgulho do que fez, tudo bem, faz parte, afinal foi isso que te trouxe até aqui, experiência que vai valer para o futuro, agora é agregar novos conhecimentos para os novos passos que virão. Você é contratado por essas habilidades adquiridas no passado, claro, mas o contratante quer mais de você, e você também deveria querer mais, afinal o trabalho é sempre para você mesmo, os bons resultados enriquecem seu currículo.

Seja humilde, saiba ensinar e também aprender, é uma via de mão dupla, o que vai volta. Incentive sua equipe a fazer o mesmo entre eles. Eu sempre digo que em uma equipe o resultado de um é o resultado de todos e o resultado de todos é o resultado de um, então um membro da equipe deve ajudar o outro e o líder deve ajudar a todos indistintamente, ele é um facilitador do trabalho e o coach que vai contribuir no desenvolvimento de seus liderados para que entreguem sempre o melhor, assim o resultado geral será excelente.

Com sua vaidade você só tem a atrapalhar sua equipe de trabalho, provoca a desunião e acaba isolado e isolando todos em seus respectivos afazeres, nada se comunica, sua arrogância é destruidora. O resultado disso tudo é péssimo para você, para a empresa e quem paga por isso é você e sua equipe. Saiba conduzir as pessoas ao sucesso e entenda que você não é melhor do que ninguém, apesar do cargo que ocupa.



Formado em Letras e pós-graduado em Marketing, membro convidado da Academia de Letras da Manchester Mineira. Com formação em Coaching, atua como treinador de vendedores e Palestrante Motivacional. Poeta, contista, cronista e articulista. Três vezes finalista do prêmio Top Blog, na categoria Política e colaborador no jornal Tribuna de Minas. Participação no projeto "Poesia na Escola" como autor de destaque na edição de 2022, você pode baixar o e-book do projeto acessando o link: https://online.fliphtml5.com/dozlr/ajdc/ Autor de dois livros "Conselhos Diários. Você Não Tem Limites!" e "Você Pode Mudar!", onde fala sobre aspectos de carreira e liderança. Você pode comprar no site: https://bio.uiclap.com/celsociampi

Diga-nos o que achou do post: