A SOCIEDADE POLÍTICA É PURO TEATRO

” A Política desaparece entre a burocracia, a representação parlamentar corrompida e os interesses econômicos e financeiros. “

Sabemos que quase ninguém suporta política, e o preço a pagar pela não participação na política é ser governado por quem é inferior.
Muitos criticam a democracia e pensar democracia me faz lembrar que uma sociedade só é democrática quando ninguém for tão rico que possa comprar alguém e ninguém seja tão pobre que tenha que se vender á alguém. A importância de se ter uma educação de qualidade impede que essas coisas ocorram.

A Política é um teatro nos bastidores e sempre foi. Quem conhece o xadrez e os corredores desse complexo jogo de interesse sabe que a festa acontece pela cereja do bolo que se chama ” Poder – Dinheiro e Facilidades mil. Temos sim uma lei que pune, mas será que pune tudo de errado? Óbvio que não. O fato é que existem corruptos em todas as profissões, na política isso é fato desde os antigos e até na bíblia sagrada a política era assim. Nada muda, apenas o método e modo de se fazer.
Veja, uma campanha proporcional e majoritária à nível municípal e até campamhas eleitorais federais, todas são problemáticas.

A importância da política na sociedade é indiscutível, pois precisamos dela. No entanto, a reflexão crítica está na estrutura dela e suas fragilidades. Tudo é muito complexo e difícil na política, pois se trata de um mundo gigantesco onde envolvem interesses das diversas camadas da sociedade.
Temos um problema em cada tipo de atavismo e suas estruturas, pois cada uma teremos interesses diversos e em confronto com as leis vigentes e afã de legalidade em projetos e leis novas. Tudo é complexo por também se tratar de investimento público e recursos, entre outros tópicos. Nas campanhas eleitorais, normalmente os partidos fazem articulações, alianças e acordos. O Teatro é gigantesco.

Ao olhar para os repartidos e ideologias, temos a executiva Nacional, estadual e municipal. Cada camada em suas atribuições procuram espaço nas assembleias, câmaras municipais e congresso e senado em termos macro das campanhas federais. O fato é que ps partidos montam suas nominatas e estratégias para alcançar o resultado. Eu, Nilo Deyson, como vice presidente do partido Republicano Campos dos Goytacazes, na data atual da publicação deste artigo, em 19 de Setembro de 2021, fui candidato a vereador em 2016 e em 2020, e por fazer parte de uma executiva de partido, tenho um olhar apurado e clínico sobre os detalhes do mundo político. Enfim, chamar de teatro a política não é exagero. Ao olharmos a história veremos exatamente esses pontos. Uma inclinação extrema sobre o desejo pelo poder de dominar e decidir pelo poder. A Literatura ajuda entender isso. Leiam o livro ” A servidão voluntária ” de Etienne de La Boetie; e o livro ” O Príncipe ” de Nicolau Maquiavel. Enfim, a política é teatro e os discursos, a retórica, tudo é minuciosamente combinado nos bastidores. De verdade, quem se preocupa com sua cidade e a estrutura dela? Você acha mesmo que teria solução? Se mudar tudo em nível nacional, você acha mesmo que você e sua família e comunidade serão beneficiadas? Já pensou em quem vai votar? Ah, sim, decidiu não votar em ninguém? Então leia os 2 primeiros parágrafos no início do meu artigo e decida com razão sem emoção.

Temos muitas coisas á discutir aqui, entretanto, pensa e decida o que fazer com seu voto. Grandes filósofos discutiram a política e suas estruturas e acho interesse você, amigo leitor, ler um pouco sobre Kant, Nietzsche, Foucault, Karl Marx, Descartes, Haidgger, Sartre, Platão e Locker, entre outros, pata ter noção ampla do que é discutir política com olhar crítico, empírico e sistêmico afim de ter uma tomada de decisão com maior probabilidade de assertividade diminuindo os interstícios entre erros e acertos.

Para finalizar; o teatro existe por existir platéia. Reflita : Será que toda estrutura montada e determinada pela política é uma verdade ou VOCÊ PODE MUDAR ISSO?

Nilo Deyson Monteiro Pessanha



FILÓSOFO, ESCRITOR, POETA, COLUNISTA & PALESTRANTE. Fundador da Filosofia da imparcialidade participativa. Autor do livro de Filosofia Todos os Corações do mundo, e do Livro O Teatro da vida e a interpretação das coisas, quem nos garante ser verdade das coisas. Membro de diversas instituições culturais como por exemplo, é imortal acadêmico da Academia de Letras do Brasil seccional Campos dos Goytacazes, é imortal Acadêmico da Academia Pedralva Letras e Artes, ocupante da cadeira n°17 , Fundador do NAISLA, Núcleo Acadêmico Italiano di Scienze, Littere e Arti. Membro de diversas instituições. Nilo Deyson Monteiro participou de diversas antologias, periódicos e muitos de seus trabalhos acadêmicos estão no Google ao pesquisar Filósofo Nilo Deyson.

Diga-nos o que achou do post: