adplus-dvertising

A provável não renovação de Jemerson é a famosa economia burra

O contrato do zagueiro Jemerson está cada vez mais próximo do fim, e quanto a renovação parece bem inserta, tanto que o estafe do atleta se mostrou descontente com a indefinição sobre a renovação e pediu uma posição do Clube.

O corinthians vive o auge de sua crise financeira, por má gestão de seus últimos presidentes e com isso o clube se viu obrigado a  cortar gastos e aproveitar os garotos da base na esperança de revelar nomes para fazer vendas milionárias, assim como foi no caso do Pedrinho. Mas o clube necessita de bons jogadores para suprir carências em algumas posições e não fez nenhuma contratação para a atual temporada. E no próximo mês encerra o contrato do zagueiro Jemerson e por acharem que o investimento não é tão necessário não houve uma boa proposta de renovação, e ai que o clube erra e comete a famosa “ECONOMIA BURRA” e eu explico o porquê.

O zagueiro Jemerson tem nível de seleção e ter um jogador assim é quase uma obrigação de todo grande time. É um zagueiro experiente e em alto nível que pode entregar muito ao time tecnicamente e também ajudar na maturação dos mais jovens como o João Vitor e o Raul, que tem suas deficiências defensivas e podem aprender e melhorar muito com o Jemerson. E também a parte econômica, pois ele ainda é um jogador jovem e em alto nível, então o Corinthians devia parar de pensar no quanto ele vai custar pra manter, e começar a pensar no quanto ele pode render em uma futura venda afinal é jovem e está em alto nível então propostas chegaram.

Se o Corinthians paga 700 ao Gil que é ídolo e  não vem jogando bem, eu acho que podem oferecer mais que um contrato de 350 para manter um ótimo zagueiro que trará muitos benefícios. Afinal se não contratou ninguém e ja confirmou as saídas de Otero e Cazares não será um aumento na folha salarial, então resta saber a decisão dos atuais mandatários do Corinthians.



Diga-nos o que achou do post: