Vida Erin Zurich

9 minutos e toda uma vida – Por Vida Erin Zurich

Vida Erin Zurich, autora de mais de 30 livros, reflete através de sua experiência, como o tempo é importante para salvar uma vida

Vida Erin Zurich

Sou uma pessoa naturalmente reservada e muito discreta. Claro, vivo isto em contraste com o autismo que as vezes fala tão alto que faz com que as pessoas me vejam como uma pessoa egocêntrica, o que não é verdade. Por minha maneira de vestir, que de longe é o que mais chama a atenção de quem me conhece só de vista.

No entanto, sou extremamente tímida e não gosto de me expor a situações que podem me constranger, talvez por auto proteção ou por medo. Ocorre que, há algumas semanas atrás eu vivi um dia muito pesado e precisava muito conversar com alguém, não somente sobre o que eu estava passando, mas também para me expor um pouco e externar o que eu estava sentindo.

Para mim, era como derrubar um muro de proteção que construí ao meu redor para que ninguém possa me ferir ao descobrir minhas debilidades e temores. Acredito que quando não sabem onde te atingir, não te alcançam. E vivo com este pensamento há anos. Tem dado certo para mim!

Após viver uma experiência muito dura, não sabia se ia resistir ao dia seguinte e estava realmente triste. Ao atender a chamada de Maki, garota que tenho como se fosse minha irmã, ela me perguntou se eu estava bem, e lhe respondi: – não, e queria te ver.

Para minha surpresa, em 9 minutos, olho pela janela e lá estava ela, que chegou até mim em tão pouco tempo que eu mal conseguir acreditar. Se aproximou de mim e me cumprimentou. –  Graças a Deus que você veio, precisava tanto de você, Maki! – Lhe disse.

Macarena e eu somos pessoas opostas, ela não tem problema de se abrir e de falar sobre si mesma, não se constrange com seus medos bobos e com suas coragens insanas. É doce e de personalidade forte, protetora e muito cuidadosa.

Eu, como muitos já sabem, pouco falo sobre meus sentimentos, não gosto que me abracem, me assusto quando me tocam, tenho medo de me expor e demoro muito para confiar em alguém. Com ela, me supero todos os dias.

Tenho aprendido muito a respeito do que significa poder contar com o amor de outro, já que estou bastante acostumada a ajudar a todos e não deixar que ninguém saiba de meus problemas. Estou desenvolvendo habilidades de pedir ajuda e aceitar uma mão amiga quando necessária.

Ao aparecer após 9 minutos, Maki não sabe, mas foi o que salvou meu dia, minha noite e provavelmente minha vida. Como seu tio Federico, ela vem me curando de diferentes maneiras continuamente, sem e menor intenção de fazê-lo, simplesmente por ser quem é.

De há quem diga que família não se escolhe, eu estou aqui para provar exatamente o contrário. Sim, se escolhe e eu escolhi a mais perfeita que poderia. Escolheria esse mesmo caminho quantas vezes Deus me desse a oportunidade de cruzá-lo, e em todas as vidas, pararia meu mundo para olhar dentro do mundo dessa minha família.

Siga Vida Erin Zurich em Instagram, clique aqui



Escritora, Autista e Colunista. Vida Erin Zurich viajou por quase 90 países, mais de 20 deles fazendo frente de um projeto ambiental enquanto morava em um carro com sua mãe. Vida atualmente ministra palestras motivacionais em empresas e compartilha sua vasta experiência no campo comportamental para influenciar jovens e adultos.

Diga-nos o que achou do post: