Preso acusado de envenenar achocolatado que matou uma criança

achocolatado-envenenado-morte-bebe

Esclarecido o caso da criança morta por envenenamento após consumir achocolatado em Mato Grosso. O produto foi envenenado por Adônis José Negri, 61 anos, que confessou ter injetado veneno no produto após ter sua residência invadida por diversas vezes e ter produtos alimentares furtados. O objetivo era  se vingar de Deuel de Rezende Soares, 27 anos, acusado de furtar os alimentos e ser envolvido em vários crimes da região.

Segundo os laudos da perícia, foi encontrado substância carbofurano nas cinco caixas de achocolatado de duas marcas. A substância é o princípio ativo encontrado em pesticidas utilizados para controle de pragas em lavouras, e comumente aplicado como veneno de rato.

Adônis foi autuado por homicídio qualificado com emprego de veneno, além de tentativa de homicídio já que existe um amigo da família do menino que ainda está internado em unidade hospitalar após ingerir a bebida. Deuel vai responder por furto qualificado, e o procedimento investigativo será conduzido pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), de Cuiabá.

Fonte: veja.abril.com.br

relembre o caso:

Criança de 2 anos morre após ingerir achocolatado

0