Polícias de São Paulo fazem megaoperação contra o tráfico na Cracolândia

Ação na região da Nova Luz resultou, até o momento, na prisão de 38 criminosos, além de apreensão de drogas e armas

A Secretaria da Segurança deflagrou ontem (21) domingo uma operação para sufocar o tráfico na região da Nova Luz. A ação, planejada pelo secretário Mágino Alves Barbosa Filho em conjunto com o alto comando das polícias, seguiu a diretriz de que as prisões ocorressem sem causar danos aos usuários que frequentam a região. Ao todo, participaram 976 agentes, sendo 480 policiais civis do Denarc, Decap (GOE), Demacro (Garra), Deic (Garra/GER) e helicóptero Pelicano (SAT) e 496 policiais militares do patrulhamento da área e dos batalhões do Comando de Choque (CPChq), além do helicóptero Águia (GRPAe). As equipes permanecem em campo para cumprir outros mandados.

Até o fim da manhã, as polícias prenderam 38 pessoas e apreenderam drogas e armas. A ação, que visa coibir o tráfico de drogas, foi realizada após investigações do Denarc e expedição de 69 ordens judiciais para prisão de traficantes.

Arma apreendidas - Cracolândia

Dos detidos, 28 foram presos na área da Nova Luz e 10 em outros locais do Estado. Em Caraguatatuba, litoral norte, foi preso o traficante conhecido como FB, apontado como coordenador do tráfico na Cracolândia. Na Favela do Moinho, no centro de São Paulo, foi detido um traficante acusado de ser o mandante da execução do socorrista Bruno de Oliveira Tavares, no início deste mês.

Após o trabalho policial, equipes municipais e estaduais de saúde e assistência social foram destacadas para complementar as ações de acolhimento e tratamento dos dependentes na região. A Polícia Militar e a Guarda Civil Metropolitana irão ocupar a área.

D00029418

Fonte: SSP

 

 

0

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comments