O que é viscossuplementação?

O que é viscossuplementação?

Você já ouviu falar sobre viscossuplementação? A nova forma de tratamento, voltada para pacientes que possuem problemas de lubrificação nas articulações, tem trazido efeitos bastante satisfatórios a quem a utiliza. O Dr. Renato Bastos Pereira, ortopedista e traumatologista da Orto Center, clínica ortopédica no Rio de Janeiro, explica melhor o procedimento.

Tratamento é indicado para casos leves e moderados de artrose

Segundo o médico, o procedimento não deve ser a primeira opção a se recorrer: “A viscossuplementação, apesar de trazer uma grande melhora aos pacientes, é bastante invasiva. Por essa razão, ela só pode ser realizada quando fisioterapia e medicamentos mais leves não surtirem efeitos. E, ainda assim, o tratamento só é indicado para aqueles que estão em estágios iniciais ou moderados de artrose. Quem se encontra em um quadro avançado até pode realizar o procedimento, mas é necessária uma avaliação médica prévia.”

Dr. Renato evidencia que a injeção contém ácido hialurônico, substância já presente no nosso corpo, mas cuja quantidade diminui conforme o passar dos anos e o nosso amadurecimento. A artrose faz com que o líquido, que é encontrado em nossas articulações, torne-se ainda mais escasso. Isso ocasiona dores e prejudica o movimento do local. “Nós aplicamos o ácido hialurônico no joelho do paciente, ou, em alguns casos específicos, no quadril. Assim que ele entra em contato com a região, a lubrificação já começa a acontecer. É por isso que o paciente nem precisa ficar internado por muito tempo, normalmente recebe alta no mesmo dia e, em cerca de duas semanas, já pode voltar à sua rotina normal.”

Consulte o seu médico

O médico lembra que, depois da aplicação do medicamento, é importante preservar as articulações, com a visita preventiva a seu ortopedista, e ainda permanecer atento à quantidade de peso que a região suporta.

E, mesmo que você ainda não tenha recorrido à viscossuplementação, mas já pensa em comprar o medicamento, é fundamental consultar um médico: “Por mais que você encontre diversos vídeos e receitas pela internet, apenas um médico especialista é capaz de indicar a dose, o local da aplicação e a frequência ideal para o seu corpo. Tenha em mente que cada caso é um caso específico.” – conclui o ortopedista.

0