O que é mastopexia?

O que é mastopexia?

 O que é mastopexia?

A mastopexia é uma cirurgia que repara a flacidez das mamas de forma a deixá-las rígidas e elevadas, reposicionando a aréola e o tecido mamário. É comum que haja uma queda das mamas com o passar do tempo. De acordo com a Dra. Beatriz Medina, que realiza cirurgia plástica no Rio de Janeiro, gravidez, alterações de peso e envelhecimento são fatores que podem influenciar nesse processo, pois as mamas perdem volume e a pele fica flácida.

Quem pode realizar a mastopexia?

Mulheres que desejam corrigir a aparência dos seios podem se submeter à cirurgia de mastopexia. Entretanto, é preciso se consultar com um médico cirurgião especializado, que irá solicitar alguns exames laboratoriais.

Como é realizada a mastopexia?

O paciente deve comparecer ao hospital acompanhado e em jejum. O procedimento leva em média de três a quatro horas. O preparo para a mastopexia inclui: evitar ingerir bebidas alcoólicas e fumar duas semanas antes da cirurgia, e interromper o uso de alguns medicamentos indicados pelo médico.

Antes da cirurgia, é necessária a aplicação de anestesia geral ou local com sedação. A cirurgia de mastopexia pode ser realizada com ou sem implante de silicone nos seios, dependendo da quantidade de tecido mamário. Existem casos em que a mama precisa receber a prótese de silicone para preencher espaços vazios e recuperar a firmeza e a sustentação. Nos casos em que não é necessário o uso de próteses, é feita a retirada do excesso de pele e o reposicionamento do tecido mamário para dar um novo contorno ao seio. Em geral, as incisões são realizadas ao redor da região dos mamilos, podendo estender-se em uma linha vertical saindo da aréola em direção à base do seio, ou ainda para um formato de T invertido.

Cuidados pós-mastopexia

Como em toda cirurgia, existem algumas medidas que devem ser adotadas para não comprometer o resultado final da mastopexia. “Durante aproximadamente 15 dias a movimentação dos braços fica limitada”, esclarece a Dra. Beatriz. Ficar um mês sem fumar e ingerir bebidas alcoólicas também são hábitos que devem ser adotados para evitar a formação de queloides. É comum que o médico indique o uso de anti-inflamatórios, antibióticos e pomadas à base de silicone para otimizar a cicatrização. É imprescindível o uso do sutiã cirúrgico por cerca de 30 dias. Ele ajudará a diminuir o inchaço, sustentar e remodelar a mama.

0

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comments