Estirpe do vírus Zika encontrado no Brasil é confirmada na África pela primeira vez, diz OMS

Juan Pedro, um bebê com microcefalia - Recife/ Brasil.

Juan Pedro, um bebê com microcefalia – Recife/ Brasil.

Tipo de vírus culpado por anomalias congênitas na América do Sul é encontrado em amostra em Cabo Verde no Continente Africano

A estirpe do vírus Zika responsabilizado por distúrbios neurológicos e anomalias congênitas no Brasil foi confirmado para estar circulando na África pela primeira vez depois de ter sido sequenciado a partir de uma amostra de Cabo Verde, a Organização Mundial de Saúde (OMS) disse.

“Os resultados são motivo de preocupação porque é mais uma prova de que o surto está se espalhando para além da América do Sul e está à porta da África”, disse o diretor de África da OMS, Matshidiso Moeti.

“Esta informação vai ajudar os países africanos a re-avaliar o seu nível de risco e adaptar e aumentar os seus níveis de preparação”, disse ela. Ela disse que não recomendaria rigorosas restrições de viagem para tentar impedir a propagação da doença.

0

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comments