Dicas para reduzir o desgaste dos pneus. Assim você viaja muito mais!

Eles são a ligação entre o carro e solo, permitem que trafeguemos em segurança, proporcionando aderência e um controle de direção com conforto, além de ajudar a absorver alguns impactos com o chão. O pneu de um carro pode ser determinante na segurança e até mesmo no consumo de combustível. Saiba, então, como fazê-lo durar mais. Danilo Vasconcelos, CEO da Dinamicar Pneus, loja de pneus no Rio de Janeiro, dará dicas para você conseguir maior durabilidade nos compostos!

Mantenha a calibragem ideal. Considere o solo em que vai trafegar.

O fabricante do carro sempre indicará a melhor pressão, considerando as melhores condições. Entretanto, se você usa mais peso que o normal, o ideal é colocar um pouco mais de pressão. Se você vai andar em um terreno fofo como areia, por exemplo, o ideal é fazer uso de menos pressão.

Mantenha o carro alinhado e balanceado.

A falta de balanceamento e alinhamento provoca desgaste irregular na banda de rodagem, que terá desgaste acelerado e comprometimento da estrutura do pneu. Ficar atento a esse quesito proporciona, além de menor desgaste, uma dirigibilidade melhorada.

Realize o rodízio.

O rodízio é a forma de você fazer com que todos os compostos usados no carro sofram o mesmo tipo de desgaste, equilibrando assim o uso. Sem o rodízio, determinado lado dos pneus pode ter maior desgaste por sofrer mais ou menos com a ação do chassi sobre o modelo.

Ao realizar a troca, mantenha pneus iguais por eixo

Mesmo que o ideal seja trocar todos os pneus de uma vez, nem sempre isso é possível. Dessa forma, procure, ao menos, manter os eixos com pneus iguais. Isso fará com que o comportamento de um não comprometa a integridade do outro. Pneus de marcas diferentes, mesmo sendo do mesmo tamanho, têm respostas diferentes.

Não calibre os pneus quentes

Isso significa não calibrar os pneus após um tempo prolongado de uso. O calor faz as moléculas se expandirem, o que fará com que você acabe forçando a estrutura, reduzindo a eficiência e aumentando o desgaste da banda de rodagem. Fique atento!

0